Há uma música cantada pela torcida do Palmeiras nas arquibancadas que diz que ‘a Taça Libertadores é obsessão’. Os palmeirenses, assim como torcedores de todos os clubes do Brasil, gostam de ver o time jogar e competir no torneio continental, o principal da América do Sul. O Verdão tem muita tradição na competição, organizada pela Conmebol e criada em 1960.

Em 1961, ainda na segunda edição da Liberta, o Alviverde se tornou o primeiro time brasileiro a jogar uma final, mas perdeu o título para o Peñarol, do Uruguai. Sete anos depois, quando apenas o Santos havia vencido (o Peixe foi bicampeão em 1962 e 1963), o Palmeiras chegou à decisão mais uma vez, agora perdendo o troféu para o Estudiantes, da Argentina.

O primeiro título do time paulista veio em 1999, na finalíssima disputada no antigo estádio Palestra Itália, contra o Deportivo Cali, da Colômbia. Hoje, o Verdão é tricampeão (ergueu a taça em 2020 e 2021, sendo o atual bicampeão consecutivo).

A final de 2020 foi disputada no Maracanã, no Rio de Janeiro, contra o Santos. Em 2021, a partida decisiva foi contra o Flamengo, em Montevidéu, no Uruguai. O Palmeiras também foi vice em 2000, contra o Boca Juniors, da Argentina, em uma das 12 decisões por pênaltis na história.

Fique por dentro:

Em 2022, o Palestra disputa a sétima Libertadores seguida, classificado pela quinta vez consecutiva para as quartas de final, e vem acumulando ótimos números ao longo da trajetória, liderando as principais estatísticas dos clubes brasileiros na competição. Veja, a seguir, os recordes do Palmeiras na Libertadores. Os levantamentos de gols e vitórias são do jornalista Rodolfo Rodrigues.

Mais títulos

O Verdão tem três títulos da Libertadores (1999, 2020 e 2021). Ao lado de São Paulo, Grêmio e Santos, também tricampeões, é o maior vencedor dentre os times do Brasil. No ranking geral, incluindo todos os países, o Independiente, da Argentina, é quem ergueu o troféu mais vezes. Os argentinos, vale destacar, são os que têm mais triunfos

Mais finais

Também ao lado do São Paulo, o Palmeiras é o time brasileiro que mais disputou finais do torneio continental. Foram, ao todo, seis decisões. Além dos três títulos citados no tópico anterior, são três vice-campeonatos: 1961, contra o Peñarol; 1968, contra o Estudiantes; e 2000, contra o Boca Juniors.

Mais participações

Para ganhar a Libertadores, é preciso sempre disputá-la. E o Verdão tem conseguido isso ao longo da história. É o time brasileiro que mais participou da competição. Esteve presente em 22 edições. Considerando todos os países, o time que mais participou foi o Nacional, do Uruguai, com 49 aparições – veja o ranking completo

Mais gols na fase de grupos

Este tópico é referente ao torneio como um todo, não apenas entre os brasileiros. Nesta temporada, o Palmeiras bateu o recorde de time que mais balançou as redes nos seis jogos da fase de grupos. Foram 25 tentos marcados pela equipe de Abel Ferreira, que segue na briga pelo título, superando os 21 marcados pelo River Plate em 2020.

Melhor campanha da fase de grupos

Os vários gols palmeirenses em 2022 também renderam o recorde de time com melhor campanha da história da fase de grupos da Libertadores. Foram seis vitórias nos seis jogos disputados, ou seja, 100% de aproveitamento. Vale destacar que Vasco, em 2001; Santos, em 2007; e Boca Juniors, em 2015, também venceram todas, mas o saldo de gols do Alviverde, 22, foi o maior de todos.

Mais gols

O Palmeiras é o time que mais balançou as redes, dentre os brasileiros, na história da Libertadores. Até a publicação deste texto, antes das quartas de final da edição de 2022, já foram 425 gols. O Grêmio, segundo colocado, tem 318. O Alviverde também tem mais gols como mandante (174) e como visitante (245).

Mais vitórias

O Verdão é o time brasileiro que mais venceu jogos no torneio. Até aqui, já são 125 triunfos. O time lidera a estatística também como mandante (75) e como visitante (48).

Mais jogos seguidos sem derrota como visitante

Nesta edição, no último dia 29 de junho, ao vencer o Cerro Porteño por 3 a 0 pela partida de ida das oitavas de final, os palmeirenses chegaram ao 19º jogo seguido sem perder como visitante no torneio continental. O número envolve todos os times da competição, não somente os brasileiros. O Palmeiras também busca o recorde de maior invencibilidade no geral

Mais vitórias consecutivas

Também em 2022, o Palmeiras se tornou a equipe, dentre todas do torneio, com mais vitórias consecutivas na história. Já são nove triunfos seguidos (oito na edição atual e a final de 2021). O recorde ainda pode aumentar neste ano.

Mais goleadas

O conceito de goleada pode variar de pessoa. Considera-se aqui, portanto, vitórias com três ou mais gols de diferença para o adversário. Sendo assim, o Palmeiras é o time brasileiro que mais goleou na competição continental: 43 vezes.

O Palmeiras vai ampliar ainda mais os recordes em 2022? Acesse nossa página e faça suas apostas na Copa Libertadores.