Futebol Futebol

Fórmula 1 vs Indy: qual carro é mais rápido e outras comparações

27 Jun | BY Betway Insider | MIN READ TIME |
Fórmula 1 vs Indy: qual carro é mais rápido e outras comparações

Veja quais são as principais diferenças entre a Fórmula 1 e a Indy: qual carro é mais rápido, mais potente e outras características

A Fórmula 1 é o principal campeonato de automobilismo no mundo. A categoria domina o cenário na Europa, é muito forte na Ásia e na América do Sul e aos poucos vai, enfim, conseguindo um bom espaço nos Estados Unidos. O país sempre esteve no radar da F1, mas competições locais prevaleciam até pouco tempo, quando a série ‘Drive to Survive’ (Dirigir para Viver, em português) invadiu os lares americanos e impulsionou o interesse pela F1.

Uma categoria que concorre com a Fórmula 1 pela atenção do público fã de automobilismo nos Estados Unidos é a Fórmula Indy. Assim como a F1, a Indy é composta por monopostos. A definição é usada para veículos em que as rodas são colocadas fora do corpo principal do veículo. Os monopostos de corrida, aliás, geralmente se destacam pela velocidade e alto grau de tecnologia (materiais leves, freios sofisticados e assim por diante).

Por conta das semelhanças entre os carros e as características das categorias, os fãs de automobilismo sempre propõem comparações entre os carros: qual é mais rápido, mais potente e mais leve?

A seguir, veja um levantamento sobre as máquinas da Fórmula 1 e Fórmula Indy.

Fórmula 1 e Indy: qual é a potência dos carros?

Como é o principal evento do automobilismo mundial, a Fórmula 1 nem sempre ‘entrega de bandeja’ as características de seus carros. Alguns registros sobre as máquinas não são divulgados, mas dá para ter noção sobre alguns aspectos.

A potência, por exemplo, não é divulgada de forma exata pelas fabricantes de motores, que preferem agir de forma reservada. Em 2019, no entanto, a Renault anunciou que tinha chegado a uma combinação de 1000cv, combinando um motor de combustão e sistemas híbridos. Pouco depois, seguindo o mesmo padrão, soube-se que Mercedes e Ferrari, duas das principais equipes da F1, superaram essa marca.

Já a Fórmula Indy trabalha de forma mais aberta e dá detalhes dos carros. Segundo os dados publicados no próprio site da competição, um veículo da Indy tem entre 550 e 770cv, a depender do extra que se aplica ao turbo.

Qual carro é mais rápido: Fórmula 1 ou Indy?

Engana-se quem pensa que o número da potência esteja diretamente ligado à questão de qual carro é mais rápido. Um monoposto da Indy, com motores V6, de 2.2 litros e turbocompressor duplo, tem como velocidade máxima registrada 378 km/h.

Um carro atual de Fórmula 1, por sua vez, tem motores híbridos V6, de 1.6 litros, e alcança aproximadamente 329 km/h. Embora em 2019 Sebastian Vettel (em Monza) e Sergio Pérez (Cidade do México) tenham conseguido a marca de 359 km/h.

No papel, portanto, o carro da Fórmula Indy é mais rápido. Acontece que existem outros fatores para avaliar a autonomia de um veículo, ainda mais de corrida. A velocidade máxima da F1 é menor pelo fato de que as regras da competição priorizam velocidade nas curvas e downforce (estrutura que faz com que o automóvel fique mais colado ao chão).

Uma comparação direta pôde ser vista em 2019. A Indy correu no Circuito das Américas, que recebeu o GP dos Estados Unidos de F1 naquele ano e permitiu um raio-x. Na ocasião, Will Power foi pole position da Indy, com volta em 1min46s017 e média de 185 km/h. Já na F1, nove meses depois, Valtteri Bottas registrou 1min32s029 e velocidade média de 214 km/h, e foi pole com 14 segundos de diferença para o outro monoposto.

Vale pontuar ainda que a Indy prioriza um grid equilibrado, em que todas as equipes usam o mesmo chassi (Dallara) e podem escolher entre dois motores: Honda e Chevrolet. A F1 tem quatro fabricantes de unidades de motores e as equipes customizam seus carros fabricando as próprias peças.

Público e audiência de Fórmula 1 e Indy

A comparação de tamanho de público e audiência talvez seja a mais desleal. Como a Fórmula Indy tem status de categoria nacional (Estados Unidos), não consegue fazer frente ao alcance gigantesco da Fórmula 1 – entenda para que serve e como funciona o Halo. Em 2020, para se ter uma ideia, a categoria máxima do automobilismo atingiu 91,5 milhões de telespectadores em média por corrida, a nível global. Já a Indy, no mesmo ano, teve audiência média de 5,45 milhões telespectadores por evento.

Diferenças entre os formatos de corrida das categorias

Como é um evento global, a Fórmula 1 viaja por praticamente todos os cantos do mundo e acaba tendo um calendário maior e com mais corridas, sempre realizadas em autódromos. A Fórmula Indy, por sua vez, gira dentro dos Estados Unidos e varia entre provas em circuitos ovais, mistos e de rua. Outra característica que diferencia as categorias é o fato de que na Indy é permitido o reabastecimento dos carros –a F1 proibiu esse ponto em 2010, e o trabalho de boxes fica restrito à troca de pneus.

Por fim, a Indy tem provas mais longas. Há um limite de duas horas quando a distância da corrida não pode ser atingida, mas o regulamento permite mudanças nesse sentido; na F1, a prova termina quando se atinge 305 quilômetros, e geralmente tem duração de uma hora e meia –é proibido, porém, passar de duas horas de corrida.

A maior categoria do automobilismo mundial está no site da Betway. Visite a nossa página e faça suas apostas na F1.

TAGS
Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.

Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.