Futebol Futebol

As maiores transferências da história da Fórmula 1

23 Apr | news | BY Betway Insider | MIN READ TIME |
As maiores transferências da história da Fórmula 1

Confira quais são as principais mudanças de pilotos dentro da F1, principal categoria do automobilismo mundial

Principal categoria do automobilismo mundial, a Fórmula 1 já contou com grandes movimentações entre as equipes ao longo de sua história.

Recentemente, em uma transferência inesperada e ‘fora de época’, Ferrari e Lewis Hamilton anunciaram acordo a partir de 2025 e entraram para a lista histórica.

O atual heptacampeão mundial deixará a Mercedes em 2024, marcando o fim de uma das eras mais vitoriosas da categoria. Hamilton assinou com a Ferrari por pelo menos duas temporadas (ou seja, ao menos até o fim da temporada 2026), mas o acordo pode ser estendido.

Para se ter uma ideia do tamanho da mudança de cockpit na Fórmula 1, as ações da Ferrari atingiram o preço mais alto em 12 meses no dia em que o britânico e a escuderia anunciaram o acordo

O preço de uma cota chegou ao valor máximo de 391,42 dólares – o que equivale a cerca de R$2029, na cotação atual.

A seguir, confira quais são as maiores transferências da história da Fórmula 1.

Nigel Mansell para CART (1993)

Em 1993, a Fórmula 1 foi surpreendida com um movimento para lá de inusitado de Nigel Mansell. Depois de conquistar o Mundial da F1, o piloto tomou uma decisão sem precedentes: anunciou a aposentadoria da categoria e resolveu migrar.

Ele aceitou uma proposta para correr na CART (Championship Auto Racing Teams), então principal categoria de monopostos dos Estados Unidos. Atualmente, a Fórmula Indy é a grande categoria do esporte a motor nos EUA.

Niki Lauda: aposentadoria para McLaren (1982)

O retorno de Niki Lauda para a Fórmula 1, em 1982, também é um capítulo marcante da categoria. Ele abandonou a aposentadoria para defender uma das vagas da McLaren. Ele ainda faturou mais um título para o currículo (1984).

Emerson Fittipaldi: Lotus para McLaren (1974)

A grande mudança de Emerson Fittipaldi da Lotus para a McLaren em 1974 foi uma virada de jogo na história do piloto na Fórmula 1. Depois de um ótimo começo na Lotus, sendo campeão em 72, Fittipaldi enfrentou problemas na temporada seguinte e migrou para a McLaren.

Kimi Raikkonen para a Ferrari (2014)

Outro retorno marcante que está na história da F1 envolve Kimi Raikkonen. Campeão em 2007, ele retornou para a Ferrari em 2014 em uma movimentação que agitou os fãs. Ele formou uma dupla de peso com Fernando Alonso no time italiano.

Ayrton Senna: McLaren para a Williams (1994)

Considerado um dos maiores pilotos da F1 de todos os tempos, o brasileiro Ayrton Senna mexeu com o noticiário do automobilismo em 1994. Em outubro de 1993, o astro foi anunciado como piloto da Williams. A transferência foi enorme pois, na época, consolidava o casamento entre melhor piloto e melhor equipe.

Infelizmente, o negócio terminou de forma trágica: na temporada com a Williams, Senna morreu após o acidente na curva Tamburello no GP de San Marino, no Autódromo em Ímola, na Itália.

Michael Schumacher: Benetton para Ferrari (1996)

Uma das mudanças mais expressivas na Fórmula 1 aconteceu em 1996. Michael Schumacher deixou a Benetton para ir para a Ferrari. Tempos depois, provou-se ser uma decisão acertada. Schumi levou o time italiano de volta às glórias e consolidou-se como um dos maiores da história, com sete títulos mundiais.

Sebastian Vettel: Red Bull para Ferrari (2015)

Outra transferência marcante envolvendo a Ferrari aconteceu em 2015. Dominante com a Red Bull entre 2010 e 2013, o alemão decidiu ir para a equipe italiano e finalizou uma era vencedora da categoria.

Lewis Hamilton: Mercedes para Ferrari (2025)

A saída de Hamilton da Mercedes é semelhança ao negócio envolvendo Vettel, em 2015. Ambos foram para a Ferrari depois de anos vencendo por outra equipe.

Embora no caso do britânico, neste momento, a Mercedes não consiga competir com a Red Bull e deixou de ser a grande potência do campeonato. Hamilton segue sendo o cara mais importante da Fórmula 1 e, por isso, o negócio foi bem expressivo.

A maior categoria do automobilismo mundial está no site da Betway. Visite a nossa página e saiba mais sobre apostas na F1.

TAGS
Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.

Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.