Disputar um torneio de Wimbledon é um privilégio para qualquer tenista. Tradicional no calendário e considerado um dos maiores Grand Slam da modalidade, o campeonato na grama famosa de Londres foi criado em 1877 e carrega muitas histórias em mais de 140 anos de existência.

Mas você sabe quanto ganha os campeões e os outros atletas de simples que disputam e chegam às fases finais do torneio de Wimbledon?

Em 2019, a organização do torneio fez um reajuste de mais de 10% e turbinou ainda mais a premiação, que já era alta. Ao todo, os ingleses distribuem cerca de 39 milhões de libras entre todos os participantes, seja nas chaves de simples ou duplas.

No caso de Roger Federer, maior campeão do Grand Slam entre os homens, com oito títulos na Era Aberta, a conta bancária ficou ainda mais recheada a cada troféu levantado na Inglaterra.

Abaixo, veja em detalhes como funciona a premiação e os valores pagos pelo torneio de Wimbledon, em Londres.

Tenistas ganham quantia generosa já na 1ª rodada: £ 45 mil

media Fonte: GLYN KIRK / AFP via Getty Images Sport

Passar da fase classificatória ou ter ranking para entrar automaticamente no torneio de Wimbledon já garante um valor generoso aos tenistas no simples. Seja no masculino ou no feminino -- a premiação é igual --, os atletas recebem 45 mil libras para jogar no ‘tapete’ de Londres.

Premiação na 2ª rodada: £ 72 mil

Vencer o primeiro jogo em Wimbledon e chegar à segunda fase do prestigiado torneio inglês garante mais uma bonificação. Com o aumento de 11,8% em premiações desde 2019, os atletas que avançam para o segundo duelo recebem mais 72 mil libras. Cair nesta fase da competição rende a um jogador 117 mil libras, somando a grana da rodada anterior.

Premiação na 3ª rodada: £ 111 mil

Chegar ao terceiro round da competição, que geralmente acontece na primeira quinzena de julho, pegando os últimos dias de junho, faz um tenista praticamente dobrar a premiação. Se somando as duas primeiras fases o jogador leva para casa 117 mil libras, só de estar no terceiro jogo ele recebe mais 111 mil libras de bônus.

Premiação na 4ª rodada: £ 176 mil

media Fonte: Tim Clayton - Corbis / Getty Images Sport via Getty Images

Classificar-se para a quarta rodada de Wimbledon, que se aproxima da reta final do torneio (a partir das quartas), é um feito e tanto para alguns profissionais. Passar por três oponentes e pisar pela quarta vez na grama de Londres rende aos participantes das chaves masculina e feminina 176 mil libras. Ao todo, o atleta acumula mais de 400 mil libras desde o início da competição, já contabilizando este prêmio.

Premiação nas quartas de final: £ 294 mil

Estar entre os oito melhores de Wimbledon é um registro importante na carreira de um atleta fora do Big Three (Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic). À exceção das três lendas do tênis atualmente, o top-8 representa mais visibilidade nos rankings da ATP e WTA e, consequentemente, mais dinheiro aos atletas de menor porte. Somente no torneio inglês, o tenista que avança às quartas de final recebe 294 mil libras.

Premiação na semifinal: £ 588 mil

Estar a um jogo de disputar a final de Wimbledon envolve muito treinamento, físico e psicológico, disposição e concentração para lidar com toda a pressão em torno do Grand Slam londrino.

É por isso que, neste caso, a organização do campeonato não economiza ao premiar quem chega entre os quatro melhores de cada edição: os tenistas faturam 588 mil libras apenas na semifinal, não considerando, portanto, o acumulado nas rodadas anteriores.

Premiação ao vice-campeão: £ 1,175 mi

Ao vice-campeão de Wimbledon há uma série de premiações, apesar do gosto às vezes amargo de se aproximar do título e perdê-lo. Além de um bonito troféu de prata ao segundo colocado, os ingleses depositam uma quantia de 1,175 milhões de libras para os atletas que disputam, e perdem, a finalíssima.

Premiação ao campeão: £ 2,35 mi

media Fonte: Andy Cheung / Getty Images Sport via Getty Images

Campeão da edição de 2019 em cima de Roger Federer, Novak Djokovic foi o primeiro jogador a receber o valor atualizado (e maior) pelo título de Wimbledon: o sérvio levou para casa 2,35 milhões de libras, um valor que, sozinho, representa 4,4% da premiação total entregue aos homens em simples. O mesmo aconteceu com a romena Simona Halep, que faturou o valor após bater a norte-americana Serena Williams na decisão de 2019.

Vem aí mais um torneio de Wimbledon! Quem vai brilhar na grama sagrada de Londres? Visite o site da Betway e faça apostas no tênis!