Há cerca de um ano, o tênis mundial perdeu dois grandes ídolos do esporte: os irmãos gêmeos Mike e Bob Bryan anunciaram a aposentadoria das quadras. Os norte-americanos, que atuaram em alto nível até os 42 anos, formaram uma das maiores duplas da modalidade. Para muitos, inclusive, nenhuma outra fez tanto sucesso como eles.

“Nós dois sentimos que é o momento correto. Nessa idade demanda muito trabalho em ir para a quadra e jogar. Amamos jogar ainda, mas não amamos preparar nossos corpos para entrar em quadra. A recuperação é mais dura, sentimos que estávamos ainda competitivos este ano, o ano passado e o anterior. Queremos sair agora que ainda tínhamos tênis na bagagem”, afirmou Mike, mais velho, por uma diferença de dois minutos, no anúncio de aposentadoria.

Inegavelmente, os Bryans tinham entrosamento em quadra. A intimidade e a conexão pesaram para o sucesso dos atletas dos Estados Unidos.

E você sabe quais outras duplas brilharam e estão para sempre na memória do tênis? Abaixo, a Betway lista algumas das principais no tênis masculino, no feminino e mistas!

Maiores duplas masculinas

Mike e Bob Bryan

media Fonte: Matthew Stockman / Getty Images Sport via Getty Images

Os mais de 20 anos de parceria entre os irmãos norte-americanos renderam 16 títulos de Grand Slam, um ouro olímpico, em Londres-2012, e mais uma lista enorme com mais de 100 troféus levantados. Mike e Bob têm larga vantagem em relação às demais duplas em número de títulos nos grandes torneios e conseguiram o Golden Slam em 2012, quando venceram os 4 Slams e as Olimpíadas no mesmo ano.

Em quadra, os irmãos tinham força e um plano tático quase perfeito, que dificultava a vida de qualquer adversário. O talento, e as 119 taças ao longo de toda a carreira, fizeram com que os norte-americanos liderassem, juntos, o ranking mundial por 438 semanas. O feito corresponde a cerca de 10 anos no topo do tênis.

Todd Woodbridge e Mark Woodforde

Os ‘The Woodies’, como eram conhecidos Todd Woodbridge e Mark Woodforde, também estão na história do tênis. Juntos, os australianos conseguiram 61 títulos na carreira, sendo 11 deles no Grand Slam. Apesar da diferença de cinco troféus nos maiores eventos para os irmãos Bryan, os Woodies eram puro talento em quadra.

Primeira dupla da história a conseguir o Golden Slam, feito que os americanos conseguiriam mais tarde, eles entraram para o Hall da Fama do tênis em 2010. Representando o país, eles venceram a Copa Davis em 1999.

Maiores duplas femininas

Martina Navratilova e Pam Shriver

media Fonte: Andrew D. Bernstein /Getty Images Sport via Getty Images

Na era aberta do tênis, ou seja, desde que ele foi profissionalizado, nenhuma outra dupla feminina ganhou mais títulos de Grand Slam do que Martina Navratilova e Pam Shriver. A tcheca e a norte-americana, respectivamente, estão para sempre na memória do esporte com 20 taças nos grandes torneios do circuito.

Navratilova, por sinal, é uma das melhores de todos os tempos. Em 2005, a revista Tennis a elegeu como a maior jogadora de tênis de 1975 a 2005, o que dá conta de seu prestígio.

Natasha Zvereva e Gigi Fernández

media Fonte: Chris Cole / Getty Images Sport via Getty Images

Uma das maiores duplas do tênis feminino tinha Natasha Zvereva e Gigi Fernández brilhando nas quadras. As tenistas de Belarus e Porto Rico, respectivamente, chamaram ainda mais a atenção por não serem de polos tradicionais da modalidade. Juntas, elas conseguiram 14 títulos de Grand Slam.

O sucesso no simples e nas duplas fez Gigi Fernández se tornar a primeira porto-riquenha a entrar para o Hall da Fama do tênis. Já Natasha Zvereva é até hoje lembrada como uma das melhores jogadoras de duplas.

Serena e Venus Williams

media Fonte: Hamish Blair /Getty Images Sport via Getty Images

Mais recentemente, uma dupla estrelada também deixou marcas para sempre na história do tênis. As irmãs norte-americanas Serena e Venus Williams somam 14 troféus de Grand Slam quando se uniram, além de potencializar o talento caseiro com três medalhas de ouro para os Estados Unidos nas Olimpíadas. Elas subiram ao lugar mais alto do pódio em Sidney (2000), Pequim (2008) e Londres (2012).

Maiores duplas mistas

Margaret Court e Marty Riessen

Nas duplas mistas, ninguém venceu mais Grand Slam do que Margaret Court e Marty Riessen. A australiana e o norte-americano fizeram parceria em quadra entre 1969 e 1980 e venceram 6 grandes títulos do circuito -- destaque para quatro taças do US Open.

Além do sucesso ao lado de Riessen, Court brilhou jogando sozinha ou em duplas femininas. Ela é a recordista de títulos individuais de Grand Slam (24) e considerada por alguns fãs da modalidade como a maior de todos os tempos entre as mulheres.

Owen Davidson e Billie Jean King

Outra dupla lendária é a formada por Owen Davidson e Billie Jean King, entre 1967 e 1974. Rivais de Court e Riessen, o australiano e a norte-americana conseguiram vencer 5 Grand Slams atuando juntos nas quadras mais famosas do mundo.

Uma menção honrosa deve ser feita também a Martina Hingis e Leander Paes, vencedores de 4 Grand Slams em duplas mistas. Paes, por sinal, é o recordista de taças de Grand Slam no estilo: ele tem 10 títulos no total.

Roland Garros e Wimbledon agitam o calendário mundial! Quem vai sair campeão dos torneios do Grand Slam? Faça apostas no tênis!