Localizado na capital inglesa, o torneio de Wimbledon, que já está em sua 135ª edição, é conhecido pelos costumes tradicionais, quadras de grama verde e forte presença do público inglês, além de muitas celebridades e até figuras da realeza nas arquibancadas durante os jogos mais decisivos.

Ao longo das suas duas semanas, Wimbledon costuma atrair cerca de 39 mil espectadores por dia. Ali, os principais tenistas do mundo, e, principalmente, um dos membros do Big Three, deixaram sua marca na história do esporte na busca pela taça e pelo prêmio de 2 milhões de libras.

Conheça um pouco mais sobre o torneio de Wimbledon, um dos mais esperados pelos apaixonados por tênis:

1. Jogadores só podem vestir branco durante a competição

Wimbledon tem como cores oficiais o verde e o roxo, mas não espere ver jogadores e jogadoras usando esses tons dentro de quadra. Durante o torneio, a organização pede que todos usem roupas totalmente ou predominantemente brancas, dos bonés aos tênis.

Contudo, em 1982, a tcheca Martina Navrátilová causou polêmica após um patrocínio da British American Tobacco Co. A tenista vestiu roupas nas cores de uma marca de cigarro da companhia e desde então a organização do evento proíbe cores que possam ser relacionadas a empresas.

2. Wimbledon é o torneio de tênis mais antigo do mundo

Como dito acima, em 2022, teremos a 135ª edição do torneio de Wimbledon. A primeira vez que as bolinhas amarelas entraram em quadra na competição foi durante um torneio de Simples masculino, em 1877.

O campeonato feminino e o masculino de duplas só foram introduzidos sete anos depois, em 1884, e as duplas femininas e mistas quase 40 anos depois, em 1914.

3. Martina Navrátilová é a maior campeã de Wimbledon

A tcheca, que também é nacionalizada americana, é dona de nove títulos no torneio de simples e sete vitórias no torneio de duplas, o que contabilizam a incrível marca de 16 conquistas no Grand Slam britânico.

O número iguala os 16 títulos acumulados por Roger Federer (8), Rafael Nadal (2) e Novak Djokovic (6) juntos.

4. A final mais longa de Wimbledon durou quase cinco horas

Em 2019, Roger Federer e Novak Djokovic se encontraram na disputa do título do Grand Slam e registraram a final mais longa da história do torneio.

Com 4h57 de jogo, o jogo foi decidido no tie-break do último set da partida, dando a vitória para o sérvio. Este foi o primeiro jogo do torneio a adotar este formato para evitar confrontos muito longos.

Isso porque Wimbledon é conhecido por suas partidas “intermináveis. Em 2010, John Isner e Nicolas Mahut disputaram um jogo que durou três dias, contabilizando um total de 11h05 de confronto, sendo decidido em um placar de 70/68.

5. Mais de 50 mil bolas são usadas em Wimbledon

As trocas de bolas são comuns em jogos de tênis. As trocas ocorrem sempre após a disputa de sete games. Afinal, é importante que elas estejam sempre em boas condições para não interferirem nas partidas.

Ao todo, 53 mil bolinhas são usadas ao longo do torneio de Wimbledon.

6. Wimbledon está a menos de 1h do centro de Londres

Disputado na capital do Reino Unido, o torneio de Wimbledon é de fácil acesso para a maioria dos moradores da região de Londres.

Para se ter uma ideia, ao sair do Big Ben, localizado ao lado do parlamento britânico e no centro da cidade, uma pessoa demoraria, em média, 52 minutos para chegar ao All England Lawn Tennis & Croquet Club. Para isso, precisaria pegar um metrô e um ônibus, além de andar por cerca de 15 minutos.

7. Wimbledon conta com cerca de 250 Ball Boys e Girls

Os Ball Boys e Girls são os jovens responsáveis por correrem atrás das bolas durante uma partida do campeonato. Dos mais de mil inscritos, apenas 250 são selecionados e passam por um treinamento semanal rigoroso que testa seus elementos físicos, teóricos e práticos.

Eles têm um papel crucial na fluidez de uma partida e, de acordo com a tradição de Wimbledon, um bom Ball Boy ou Girl “não deve ser visto” durante um jogo.

8. O torneio de Wimbledon é transmitido há mais de 130 anos

No país que só foi transmitir a coroação de sua rainha em 1953, o torneio de Wimbledon já passava na televisão dos britânicos há muitos anos.

A BBC, tradicional rede de televisão inglesa, realizou a transmissão da primeira partida da competição em 21 de junho de 1937.

9.  A quadra principal é utilizada apenas durante o torneio de Wimbledon

Quarta maior quadra de tênis do mundo, com capacidade para 15 mil pessoas, a arena principal de Wimbledon só pode ser usada durante o torneio. A única exceção ocorreu durante os Jogos Olímpicos de 2012.

As tradicionais chuvas inglesas atrapalharam muitos jogos durante Wimbledon ao longo dos anos. Por isso, desde 2009, a Centre Court conta com um teto retrátil para prevenir contra adversidades climáticas, como o entardecer. 

10. 2022 marca o 100º aniversário de Wimbledon na Church Road

Apesar de seus 145 anos, Wimbledon firmou base na Church Road, endereço onde está localizado o clube, há 100 anos.

Esta também é a marca do surgimento da Centre Court, principal quadra do clube, e considerada por muitos como uma catedral do esporte.

Quem vai vencer a atual edição do torneio de Wimbledon? Acesse nossa página na Betway e faça suas apostas no tênis.