Futebol Futebol

Schalke: como um dos principais times da Alemanha ficou 30 jogos sem vencer?

28 Jan | BY Betway Insider | MIN READ TIME |
Schalke: como um dos principais times da Alemanha ficou 30 jogos sem vencer?

Como o Schalke 04, um dos mais tradicionais clubes da Alemanha, ficou praticamente um ano sem vitória? Entenda os motivos

Um feito histórico do Schalke 04 tomou conta do noticiário mundial recentemente. Não, a equipe da cidade de Gelsenkirchen não fez frente e despachou o poderoso Bayern de Munique no Campeonato Alemão ou na Copa da Alemanha. Os bávaros seguem firmes e fortes em busca do nono título consecutivo da Bundesliga.

A equipe azul da Alemanha, uma das mais tradicionais do país com sete títulos nacionais — fica atrás apenas do próprio Bayern (30 vezes campeão), Nürnberg (9) e Borussia Dortmund (8) –, ganhou mídia por conta de uma marca bem negativa: a equipe completou 30 jogos sem vencer no campeonato nacional por pontos corridos, período que durou praticamente um ano.

Vale destacar também que os Azuis Reais têm uma das melhores categorias de base do país, o que o torna ainda maior por lá. Foram nos campos do Schalke que jogadores como Manuel Neuer, Mesut Özil, Leroy Sané e Julian Draxler deram os primeiros passos no futebol.

Então, como isso aconteceu? Há respostas para explicar o vexame? Fato é que o Schalke ganhou até uma ajudinha de outra torcida para que não ficasse sem vitórias na Bundesliga ao longo de toda uma volta da Terra em torno do Sol.

Pressionado para vencer no torneio, claro, o clube de Gelsenkirchen recebeu um “empurrãozinho” dos torcedores do Tasmania Berlin. O motivo? Os fãs da pequena agremiação local não queriam perder o “título” de time com a pior sequência da história da Bundesliga, e foram até o estádio do Schalke dar uma força aos jogadores.

Na temporada de 1966, o Tasmania Berlin, hoje na quinta divisão do futebol alemão, completou exatamente um ano sem nenhuma vitória na competição. O Schalke, durante o período de inferno astral, ficou a oito dias de igualar a marca. A vitória enfim veio, e foi em grande estilo: em 9 de janeiro de 2021, a equipe venceu o Hoffenheim por 4 a 0. Suficiente para tirar a “zica”, certo? Não necessariamente…

Como o Schalke ficou 30 jogos sem vencer?

O drama do Schalke 04 começou ainda na temporada 2019/20. Depois de um começo animador — o time emplacou quatro vitórias seguidas e figurou entre os primeiros colocados em setembro de 2019 –, as coisas mudaram completamente na virada de ano. Em 2020, o clube viveu seu maior pesadelo, iniciado a partir de uma derrota por 5 a 0 para o Bayern.

Irreconhecível em campo, e custando até para empatar seus jogos, o Schalke teve um ano de “clube brasileiro”: conviveu com quatro trocas de treinadores enquanto sofria para ter resultados.

Primeiro, David Wagner deixou o comando técnico, em setembro de 2020. Até aí, tudo normal: o treinador, que havia assumido em julho de 2019, saiu após o término da Bundesliga, completando exatamente uma temporada no cargo, mesmo com o desempenho ruim. A equipe fechou 2019/20 na 12ª colocação, com 39 pontos.

Depois de Wagner, começou o desespero da diretoria, que mais pareceu os cartolas do futebol brasileiro. Manuel Baum chegou para apagar o incêndio em 30 de setembro de 2020, mas não obteve sucesso e foi retirado em 18 de dezembro. Com a sua saída, o interino Huub Steves ficou no banco de reservas em duas partidas. Também não conseguiu vencer.

Por último, o atual técnico do time, Christian Gross, assumiu. O suíço chegou em 27 de dezembro de 2020 e ainda não conseguiu realizar mudanças radicais. De todo modo, fez o que precisava: vencer. Com ele, goleada por 4 a 0 contra o Hoffenheim na 15ª rodada do Campeonato Alemão.

Antes do jogo em que somou três pontos, o clube teve 20 derrotas e 10 empates em 30 partidas, atingindo o saldo negativo de -31 gols no ápice da crise.

Por isso, obviamente, o Schalke 04 briga para não ser rebaixado na temporada. Atualmente na lanterna da competição (18ª colocação), os Azuis Reais precisarão terminar em 15º para escapar. Na Alemanha, somente os dois últimos da tabela são rebaixados. O antepenúltimo participa de um playoff contra a queda.

O jogo da vitória e o garoto que salvou o Schalke 04

O Schalke tinha uma opção para não completar 365 sem vencer um jogo: vencer ou vencer o Hoffenheim em 9 de janeiro de 2021. Era isso ou cruzar a linha e igualar o recorde vexatório do Tasmania Berlin. Afinal, o confronto seguinte, diante do Eintracht Frankfurt, aconteceria justamente em 17 de janeiro de 2021, um ano após a então última vitória do clube, um 2 a 0 sobre o Borussia Mönchengladbach (17 de janeiro de 2020).

E a equipe conseguiu graças a um garoto de 19 anos. Matthew Hoppe anotou três gols e comandou a goleada por 4 a 0, em casa. O centroavante, cria da base do Schalke e promovido ao profissional na virada do ano, fazia apenas seu sexto jogo pela equipe principal. Ele, que é norte-americano, tornou-se o primeiro atleta dos Estados Unidos a fazer um hat-trick na Bundesliga.

O marroquino Amine Harit, é bom pontuar, também foi determinante na goleada que impediu o time de completar 31 jogos sem vitória. O meia de 23 anos foi o responsável pelas três assistências a Hoppe e ainda pelo quarto gol, anotado já nos minutos finais da partida.

O Schalke, enfim, venceu — já voltou a perder também — e o segundo turno do Campeonato Alemão vai começar! Quem leva a melhor nas próximas rodadas? Faça suas apostas na Bundesliga!

TAGS
Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.

Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.