Futebol Futebol

Criterio de desempate Copa do Brasil

14 Jul | BY Betway Insider | MIN READ TIME |
Criterio de desempate Copa do Brasil

Torneio nacional é disputado no formato de mata-mata; veja o que é critério para desempatar confrontos na Copa do Brasil

Um torneio de mata-mata sempre gera apreensão e expectativa nos torcedores. Competições com esse formato de disputa nem sempre consagram o time mais consistente, já que, em uma ou duas partidas, tudo pode acontecer. Há quem ache que isso é injusto, mas também há quem diga que torna o futebol ainda mais emocionante.

Desde 2003, o Campeonato Brasileiro acontece no sistema de pontos corridos. A mudança de formato (antes era mata-mata) deixou a competição ainda mais difícil e restrita a um grupo de times – nos quase 20 anos, apenas oito clubes ergueram a taça.

A Copa do Brasil, por outro lado, é disputada em mata-mata desde a primeira edição, em 1989. Não apenas pelo formato, mas também pelo grande número de participantes, a competição é considerada ‘a mais democrática do país’. Ao longo dos anos, várias zebras aconteceram, com times menores eliminando os favoritos. Seis clubes grandes já foram eliminados, inclusive, ainda na primeira fase

Faça suas apostas:

Como a Copa do Brasil funciona atualmente

A edição de 2022 contou, inicialmente, com 92 participantes. Ela está dividida em sete fases. Na primeira, participaram 80 times. Foram 40 confrontos, em partida única, com 40 equipes avançando à etapa seguinte. A segunda fase aconteceu da mesma maneira, chegando, portanto, ao número de 20 times classificados para a terceira etapa.

Neste momento, entraram na competição mais 12 participantes: os classificados para a Libertadores e os campeões da Copa do Nordeste, Copa Verde e Brasileirão Série B. A Copa do Brasil, na terceira fase, fica com 32 clubes, que passam a se enfrentar não mais em partida única, mas em duelos de ida e volta.

O formato se repete, assim, até o fim do torneio: 16 clubes avançam para as oitavas; oito jogam as quartas; quatro disputam as semifinais; e dois chegam à grande final. A competição abrange a temporada inteira.

Nesta edição, a decisão deve ser disputada nos dias 12 e 19 de outubro – vale destacar que o calendário de 2022 está mais ‘apertado’ por conta da Copa do Mundo do Catar, que, como consequência das altas temperaturas entre junho e julho, será disputada pela primeira vez na história no fim do ano, entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

Quais são os critérios de desempate da Copa do Brasil?

Os campeonatos da mata-mata também possuem, claro, critérios de desempate, tanto para partidas únicas como decisões em ida e volta. Desde a edição de 2018, seguindo uma tendência mundial, a Copa do Brasil aboliu o ‘gol qualificado’ ou ‘gol fora’ como forma de desempatar as partidas.

Os gols marcados como visitante tinham um peso maior. Funcionava da seguinte maneira: se uma equipe vencesse o duelo em casa por 1 a 0 e perdesse a partida fora de casa por 2 a 1, mesmo assim se classificaria sem precisar de disputa por pênaltis, porque o gol fora valia por 2. Muitos consideravam essa regra injusta e, por vezes, cruel.

Sem esta diretriz, o critério de desempate da Copa do Brasil ficou mais simples. Na edição de 2022, a primeira fase, que é disputada em partida única, ‘favorece’ a equipe melhor colocada no Ranking Nacional de Clubes. Caso o jogo termine empatado, é ela quem avança.

A segunda fase também é resolvida em partida única. Em caso de empate, porém, a vaga é definida por disputa de pênaltis.

A partir da terceira fase – e em todas as etapas seguintes, até mesmo na final – os duelos são em ida e volta. A equipe que somar mais pontos leva a melhor (duas vitórias, ou uma vitória e um empate, por exemplo). Em caso de empate na soma (dois empates, ou uma vitória e uma derrota), prevalece quem teve o maior saldo de gols nos dois jogos. Caso o saldo seja igual, os clubes se enfrentam em pênaltis.

Por que é tão importante avançar na Copa do Brasil

Além do aspecto esportivo, avançar na Copa do Brasil tem um retorno financeiro considerado bom pelos clubes. A CBF oferece premiação por fases. Quanto mais longe um time chega, portanto, maior será a quantia arrecadada. Nos últimos anos, inclusive, o valor subiu consideravelmente.

Na primeira fase, os valores são diferentes, seguindo o Ranking Nacional dos Clubes. Os piores colocados, grupo III, recebem R$ 620 mil; os participantes do grupo II recebem R$ 1 milhão e 90 mil; e os melhores colocados, grupo I, recebem R$ 1 milhão e 270 mil.

Na segunda fase, o grupo III recebe R$ 750 mil; grupo II, R$ 1 milhão e 190 mil; grupo III, R$ 1,5 milhão.

A partir da terceira fase, não há distinção de valores: os participantes embolsam R$ 1,9 milhão. Nas oitavas, R$ 3 milhões; nas quartas, R$ 3,9 milhões; nas semifinais, R$ 8 milhões.

Após a final, o vice-campeão recebe R$ 25 milhões. Já o grande campeão ganha R$ 60 milhões. Um campeão que venha do grupo I, onde estão os grandes clubes brasileiros, soma, ao fim da competição, quase R$ 80 milhões.

Os jogos do mata-mata nacional estão disponíveis na Betway. Acesse nossa página e faça suas apostas na Copa do Brasil.

TAGS
Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.

Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.