Futebol Futebol

Três clubes brasileiros nunca foram rebaixados no Brasileirão; veja quais

19 Apr | BY Betway Insider | MIN READ TIME |
Três clubes brasileiros nunca foram rebaixados no Brasileirão; veja quais

Apenas três equipes estiveram na primeira divisão do Campeonato Brasileiro desde a primeira disputa; confira o histórico

O Campeonato Brasileiro completou, na última temporada, 50 anos de história. A primeira edição, que aconteceu em 1971, teve o Atlético-MG como campeão. Em 2010, a CBF passou a considerar os torneios Roberto Gomes Pedrosa e Taça Brasil, disputados entre 1959 e 1970, como títulos nacionais, e unificou a contagem de campeões no país.

Com essa recomendação da CBF, o Palmeiras é hoje o maior campeão brasileiro da história, com 10 taças. O Santos tem oito; Corinthians e Flamengo, sete; São Paulo, seis; Cruzeiro, Vasco e Fluminense, quatro; Internacional, três; Atlético-MG, Grêmio, Botafogo e Bahia; duas. Dentre os clubes que conquistaram apenas um título estão: Guarani, Athletico-PR, Coritiba e Sport.

A região Sudeste é, de forma disparada, a que conta com o maior número de clubes campeões brasileiros, com 55 títulos, sendo 23 somente em São Paulo, o primeiro colocado. O Sul tem sete taças; o Nordeste, três. Nenhum clube do Centro-Oeste e do Norte do país teve o gosto de ser o primeiro colocado.

Por muito tempo, o Campeonato Brasileiro foi disputado no formato de mata-mata. Desde 2003, porém, o certame funciona no sistema de pontos corridos. A primeira edição neste formato contou com a participação de 24 clubes. Hoje em dia, são 20 equipes que se enfrentam em turno e returno, somando 38 rodadas – saiba qual é a premiação da edição de 2022

A ideia de implementar o formato de pontos corridos surgiu no começo do século. Os principais campeonatos europeus já funcionavam dessa forma, e o Brasil já tinha a Copa do Brasil, criada em 1989, que era disputada em mata-mata. Sendo assim, também como forma de aumentar o poder da CBF, os campeonatos regionais, como o torneio Rio-SP, foram extintos, deixando no calendário dois torneios nacionais de formatos diferentes, além dos estaduais.

O primeiro campeão da era dos pontos corridos foi o Cruzeiro, que somou incríveis 100 pontos nas 46 partidas disputadas ao longo de 2003. A Raposa, à época comandada por Vanderlei Luxemburgo, conquistou a tríplice coroa, já que, no mesmo ano, foi, além de campeã brasileira, campeã mineira e da Copa do Brasil.

Três clubes nunca foram rebaixados

Ao longo de mais de meio século de disputa de Campeonato Brasileiro, muitos clubes, inclusive os gigantes do futebol nacional, já foram rebaixados à segunda divisão, seja no formato de mata-mata, seja no formato de pontos corridos. Apenas três equipes passaram ilesas ao descenso: Flamengo, Santos e São Paulo. Vale destacar que, caso a lista considerasse apenas os rebaixamentos em pontos corridos, o Fluminense entraria na lista dos ‘incaíveis’, mas o Tricolor carioca foi rebaixado antes do sistema entrar em vigor, chegando a disputar até mesmo a Série C em 1999.

Dentre os grandes, o clube que mais caiu na história foi o Vasco (quatro vezes: 2008, 2013, 2015 e 2020). O Gigante da Colina, aliás, está na segunda divisão nesta temporada, em 2022, já que não conseguiu subir no último ano, em 2021. Será o segundo Brasileirão Série B consecutivo do time.

O Grêmio é outro clube que está na briga pelo acesso à elite em 2022 – veja aqui os medalhões que estão no torneio  e saiba tudo sobre a disputa. O time gaúcho chegou ao terceiro rebaixamento na história, sendo, ao lado do Botafogo, o segundo time grande que mais caiu. O Palmeiras foi rebaixado duas vezes (em 2002 e 2012). Dos grandes com apenas uma queda estão: Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Internacional e Cruzeiro.

O caso da Raposa, porém, merece um destaque especial. Rebaixado em 2019, o time mineiro está, em 2022, na terceira temporada seguida na segunda divisão, já que não conseguiu o acesso em 2020 e 2021. Nenhum clube grande ficou tanto tempo seguido fora da elite desde o início da era dos pontos corridos.

Os ‘incaíveis’ até aqui

Flamengo, São Paulo e Santos já ‘flertaram’ com o rebaixamento em algumas temporadas, deixaram as torcidas desesperadas, mas nunca chegaram a cair para o Brasileirão Série B – em nenhum dos formatos de disputa.

Em 2001, por exemplo, o Flamengo contava com craques como Gamarra, Alex, Edilson, Denilson, Petkovic e Julio Cesar – veja a lista dos atletas com mais jogos na competição –, mesmo assim, lutou contra o rebaixamento e escapou apenas na última rodada. O mesmo aconteceu em 2004.

Em 2008, a torcida santista viveu um drama parecido, com o clube brigando contra o descenso até os últimos jogos do campeonato. Em 2017, o drama foi são-paulino. O Tricolor, aliás, fugiu da queda em 2021 apenas na penúltima partida.

Qual é a ‘conta’ para escapar do rebaixamento?

Na fórmula atual do Campeonato Brasileiro, não há um número exato de pontos que garanta a permanência na Série A. Mas, considerando a média das edições, é possível dizer que 46 pontos é uma ‘margem de segurança’, já que, na história, nenhum time foi rebaixado com essa pontuação.

O time que caiu para o Brasileirão Série B com o maior número de pontos foi o Coritiba, em 2009, quando somou 45. Em 2021, os 46 pontos salvaram o Juventude, que terminou em 16º, a primeira colocação fora do Z4. O Grêmio, com 43, não escapou do descenso. Bahia, também com 43, Sport, com 38, e Chapecoense, com 15, também caíram.

A briga pelo acesso à elite do futebol nacional já começou. Acesse nossa página e faça suas apostas na Série B do Brasileirão.

TAGS
Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.

Betway Insider

Betway Insider

The Insider is an editorial blog for Betway, one of the best betting sites, featuring sporting insight, intelligent comment and informed betting tips for football betting and all other major sports.