Um dos momentos mais importantes e decisivos de um jogo de VALORANT é o pistol rounds. Independentemente do mapa, ganhar ou perder a primeira rodada acaba definindo o ritmo da partida na maioria das vezes.

Quando um time vence a primeira rodada, praticamente encaminha o segundo ponto, enquanto a outra equipe, em desvantagem, precisa torcer por um tropeço do adversário e confiar na habilidade individual, uma vez que, na maioria das vezes, o time que vence o pistol rounds volta melhor armada e com mais recursos para engatar a rodada seguinte.

Mas como garantir um pistol rounds com tranquilidade? Importa a escolha das pistolas? Sim, no final, tudo faz diferença.

Levando em consideração a importância do pistol rounds, nossa equipe de apostas no VALORANT analisou todas as partidas da fase regular da primeira etapa do  VALORANT Champions Tour Brasil 2022. Confira o resultado.

As pistolas mais usadas e seus atributos

media

No VALORANT, nenhuma pistola é igual, e elas são exploradas de formas diferentes pelos jogadores. No campeonato analisado, a Ghost foi a que mais apareceu, e de fato, é uma das mais populares, uma vez que se configura como o básico. Nas mãos de um jogador com uma boa mira, se bem usada, a pistola causa estrago.

Leia também:

A segunda opção dos jogadores do VCT foi a Classic, que tem grandes atributos, principalmente se o jogador quer praticar um jogo agressivo, mas ao mesmo tempo seguro. A pistola é a inicial do jogo, ou seja, você não paga nada para obtê-la. O valor que seria gasto na compra de um armamento acaba sendo usado para obter um colete inicial, que garante uma boa proteção para as trocas iniciais.

No Brasil, a Sheriff foi a terceira pistola mais usada em pistols, o que faz sentido quando estamos falando de uma região onde os jogadores que mais se destacam são os mais “mirudos”. O heat, jogador que mais matou em pistol rounds nesta edição, foi um dos que mais abusou da pistola, que além de ser a mais cara do jogo, tem um poder de fogo bem alto, um perigo enorme nas mãos de bons jogadores.

As pistolas menos utilizadas foram Frenzy e Shorty. A Frenzy é outra opção agressiva, mas que depende muito de como o jogador está se sentido para colocá-la em jogo. No geral, o meta também precisa favorecer o armamento, que aparece muito principalmente nas mãos de duelistas como a Jett, que se movimenta bastante e consegue se aproximar do adversário.

A Shorty está mais próxima de uma espingarda, e por isso praticamente não apareceu. É uma pistola que não se encaixa no estilo da maioria dos jogadores, mas também é a mais barata do jogo, tem seus atributos, uma vez que, a curta distância, é fatal. No entanto, uma vez que o jogador precisa surpreender o adversário para conseguir um abate com a Shorty, ela acaba não sendo a melhor escolha para um pistol round, onde a melhor opção é o time trabalhar em equipe para garantir a vantagem inicial.

O desempenho dos jogadores em pistol rounds/mapa

media

Analisamos os mapas disputados na fase regular da primeira etapa do VALORANT Champions Tour Brasil e os mapas mais jogados foram Icebox e Ascent, enquanto os menos selecionados foram Haven e Fracture. Na Ascent, sacy lidera como o jogador com mais abates, e a LOUD praticamente toda, com exceção do Less, aparece entre os seis jogadores com mais abates. Isso diz muito sobre a performance do time que, no final, acabou faturando a etapa, uma vez que Ascent é um dos mapas onde eles se sentem mais confortáveis para jogar.

Na Icebox, com o maior número de abates individuais, aparece heat, um dos responsáveis pelas boas atuações da Vivo Keyd no mapa em questão. A Icebox favorece muito o estilo de jogadores como o heat, que gostam de surpreender seus adversários e engatam boas trocas.

Split, Bind, Haven e Fracture somam 15 partidas e definitivamente não são as escolhas favoritas das equipes. Na Split, os jogadores com mais abates são da Gamelanders, enquanto na Bind, quem domina é a TBK - com jogadores que na boa fase da paiN Gaming, ainda no início do cenário, já se destacavam no mapa. Em Haven e Fracture, jogadores de times como Liberty e Sharks aparecem acompanhados de atletas de LOUD, Vivo Keyd e NIP. Como são poucas partidas (5, somando os dois mapas), existe um meio a meio de equipes protagonistas e coadjuvantes.

Os melhores em pistols na fase regular do VCT 2022

media

A partir das performances em pistol rounds, listamos os melhores jogadores da fase regular da primeira etapa do VCT BR 2022. Com 27 abates, heat lidera a lista, que traz ainda outros dois jogadores da Vivo Keyd e mais 3 da LOUD, incluindo aspas - considerado por muitos uma das melhores miras do mundo. NIP é representada por dois jogadores, enquanto FURIA, Liberty e TBK tem um cada.

Sem segredo, a lista é formada por alguns dos melhores jogadores do país, que em algum momento já desbalancearam uma partida a favor de suas equipes, concluindo que, quando o assunto é pistol round, o individual conta muito.