Uma partida em League of Legends (LoL) pode ser muito variada e dificilmente você disputará uma igual a outra, principalmente por conta dos diferentes jogadores e campeões disponíveis no game. Por conta disso, entender como e quando fazer melhorias em sua build, qual item priorizar e quando mudar de item mítico é importante para ter mais sucesso ao longo de suas ranqueadas. Então entenda o conceito de prioridade, alguns exemplos de adaptação e como isso impacta no seu jogo e sua build.

O que é possível adaptar?

Ao começar uma partida, existem alguns pontos que já estão definidos no jogo, como o seu campeão e runa escolhida. No entanto, isso é apenas o começo, visto que a partida ainda existem diversos aspectos que podem ser ajustados de acordo com a situação adversária, como seus itens, caminho na selva, pressão, posição das sentinelas e até trocas de rotas.

No entanto, o grande foco é a importância de adaptação de sua build, que é focado nos próximos itens que você deve comprar e o quão importante é finalizar um item por agora ou deixar apenas alguns componentes para priorizar outros itens. Entre os pontos para analisar antes de fazer a sua escolha de itens estão: confronto direto de rota, inimigo mais forte, composição do oponente e também quando você é o mais forte do time. Veja abaixo como isso se aplica.

Confronto direto de rota

O confronto direto de rota é um dos primeiros pontos que os jogadores observam para ajustar a build, começando pela bota, que pode ser feita a de armadura ou resistência mágica caso o seu oponente tenha pressão ou alguma mais ofensiva no caso da pressão ser sua.

Um detalhe que também é importante é analisar o pós-rota se o seu campeão é focado em fazer splitpush (puxar a rota lateral), pois é importante saber quem será que irá tentar contestá-lo e, se necessário, fazer defesa para isso. A rota do topo, por exemplo, tem muito campeão de dano físico, mas é possível que o mago inimigo vá contestar seu splitpush e se você só tiver armadura irá morrer do mesmo jeito, então um pouco de resistência mágica vai muito bem.

Inimigo mais forte

No caso de um inimigo estar muito forte, seja na sua rota após eliminar várias vezes seu campeão ou uma rota que está feedando, é bom saber quais medidas podem ser boas para não deixar o jogo virar uma bola de neve. Quando isso acontece, é importante mudar de imediato apenas quando é um confronto direto, no caso o seu oponente de rota e o caçador, pois é onde você mais sofrerá para sobreviver.

O ponto de fazer um item defensivo completo é muito inútil no começo do jogo, que o dano não é tão considerável, e também não pode ser uma opção caso você seja o carregador do time, pois precisa eliminar a ameaça. No caso da rota inferior, o ideal é o suporte fazer a defesa para proteger o atirador, enquanto em rotas solo é possível fazer meio item defensivo, como a Armaguarda da Caçadora que vira uma Ampulheta de Zhonya, para não ser explodido em poucos segundos e ainda causar dano.

Composição do oponente

Analisar a composição do oponente pode ser outra chave importante para uma vitória, pois se você possui conhecimento suficiente do jogo, é possível saber o tempo dos campeões para planejar seus itens ao longo da partida. Por exemplo, se o time inimigo tiver um Draven no bot e um Kassadin no meio, você sabe que o primeiro ponto de força é o Draven, que tem um early game muito forte, enquanto o Kassadin demora para ficar consideravelmente forte. Nesse caso, você pode fazer de início uma armadura para neutralizar a ameaça do Draven e, posteriormente, uma resistência mágica para lidar com o Kassadin.

No caso de carregadores, como um atirador, saber como é a condição de luta pode ser ideal ao iniciar o planejamento e mudar caso necessário. Se ao longo da partida os tanques estão te segurando muito, penetração de armadura pode ajudar a afastá-los para ir atrás dos outros carregadores, ou se não há tanques você pode fazer um item defensivo ou mais itens de ataque para abatê-los rapidamente.

Algo que acontece bastante quando o jogo se prolonga demais é o jogador não conseguir finalizar a partida. Às vezes pode ser uma boa opção ver outras opções de itens míticos, como trocar uma Força do Vendaval por um Arco-Escudo Imortal para ter mais tempo de luta, ou vice-versa para ter uma forma de escapar de engage do oponente.

Quando se está forte

Por fim, quando você fica muito mais forte que o seu oponente, há a possibilidade de alterar a sua build para fazer uma bola de neve e acabar com o jogo mais rápido, fazendo outros itens de dano ao invés da build tradicional do campeão. Um bom exemplo é o Rumble, que após o item mítico costuma fazer a Ampulheta de Zhonya para se defender dos inimigos, mas quando um Rumble está muito forte ele faz um Foco do Horizonte antes justamente para ter mais dano e impedir o crescimento do oponente.

Existe também o caso oposto, quando o seu campeão tem muito dano natural, como atirador Draven, é comum comprar um Anjo Guardião quando ele sai com uma vantagem muito grande, ganhando mais status de ataque, defesa e ainda uma passiva que dá uma segunda chance e não deixa o oponente pegar o seu ouro de neutralização – que varia de 300 a 1000 de ouro.

Essas são apenas alguns exemplos de fatores que impactam na sua decisão de build. Vale lembrar que outros fatores como sua própria composição, seu campeão e até escolha de runas podem influenciar nas interações de itens e o caminho da vitória.

Lembre-se de afiar suas habilidades no League of Legends para vencer cada vez mais. Aproveite o conhecimento e acesse nossa página para fazer suas apostas em LoL.