Brisbane, Austrália. Esta é a primeira parada da temporada da ATP e a segunda para a WTA todos os anos desde 2009, quando o torneio teve início.

Sua importância para o circuito é enorme, já que é o único ATP Cup da temporada e tem um comprometimento financeiro de 15 milhões de dólares só na parte masculina, o maior valor excluindo os Grand Slams.

Isso ocorre porque além de Brisbane, onde a maior parte das partidas são disputadas, Perth e Sidney também recebem jogos. Outro fator para o alto valor do torneio é exatamente por ele ser o pontapé inicial da temporada, recebendo os principais nomes do tênis.

Já para as mulheres, o torneio começa junto com o aberto de Shenzhen, mas também é priorizado pelas atletas do primeiro escalão, que preferem o nível de competição e de premiação oferecidos na Austrália, além de maior pontuação no ranking da WTA.

Na edição de 2019, Kei Nishikori venceu o título pela primeira vez, já que ele foi derrotado na final de 2017 pelo búlgaro Grigor Dimitrov. O maior campeão do torneio é Andy Murray, que venceu em 2012 e 2013.

Um fato curioso é que grandes nomes do tênis atual jamais chegaram à final em Brisbane. Novak Djokovic e Rafael Nadal nunca conseguiram disputar o jogo decisivo do torneio, que tem uma tradição de ser vencido por grandes tenistas, mas que ainda figuram no segundo escalão, casos de Nick Kyrgios (2018), Dimitrov (2017), Milos Raonic (2016) e o própro Nishikori.

Dos tenistas realmente do primeiro nível, apenas Murray e Roger Federer (2015) conseguiram levantar a taça do torneio inicial. Federer também foi vice em 2014, sendo derrotado por Lleyton Hewitt.

Se toda essa história de azarões conseguindo chegar na final e até vencerem o campeonato, o que podemos esperar da competição masculina este ano, principalmente após uma temporada muito dura para atletas como Nadal e Federer, que já não são mais garotos, é que novamente vejamos tenistas de posições mais baixas no ranking ganhando seus lugares ao sol.

Já com as mulheres, a situação é bem diferente. Há mais de uma tenista com múltiplas conquistas e a maior parte delas realmente faz parte da elite do tênis. São os casos de Serena Williams, que venceu em 2013 e 2014, Victoria Azarenka, campeã em 2009 e 2016 e Karolina Pliskova, vitoriosa em 2017 e 2019.

Outras tenistas da elite completam a lista de campeãs nos 10 anos do torneio, como Maria Sharapova (2015), Kim Clijsters (2010) e Elina Svitolina (2018). Assim, sobram apenas Petra Kvitova (2011) e Kaia Kanepi (2012) que não são consideradas tenistas de primeiro escalão, mas que conseguiram vencer em Brisbane.

Portanto, o que podemos esperar da competição feminina em Brisbane é exatamente o contrário da masculina. Pliskova estará lá para tentar o tricampeonato e se tornar a maior vencedora do torneio.

Mas ela não estará sozinha. Tanto Ashleigh Barty, atual número 1 do mundo, quanto a número 3, Naomi Osaka estarão na disputa pelo primeiro título de suas carreiras em Brisbane. Além delas, outros nomes fortes estarão de volta, como Svitolina, campeã em 2017, Kvitova, vencedora em 2011 e Kiki Bertens também estarão na Austrália.

Outro nome de peso é o de Venus Williams. A veterana recebeu um convite para jogar as eliminatórias do torneio, já que sua posição no ranking não é mais tão alta quanto era no passado.

O diretor do torneio internacional de Brisbane, Mark Handley, está empolgado com a perspectiva do que promete ser uma competição emocionante.

"Conseguir adicionar Venus, Sam, Elina e Ajla [Tomljanovic] a um campo já bastante conhecido, diz muito sobre a Brisbane International e a cidade como um destino a ser visitado", disse ele.

"As jogadoras chegam aqui no início da temporada com um merecido descanso e estamos ansiosos para mostrar o melhor do tênis feminino com os melhores confrontos no Queensland Tennis Centre".

Agora só nos resta esperar. O torneio masculino começa logo no terceiro dia do ano, enquanto as mulheres tomam as quadras a partir dos dia 6 de janeiro, para dar a partida na temporada da elite do tênis mundial.

 

E você poderá acompanhar toda a emoção deste campeonato com a Betway. Acesse nossa página de apostas em tênis e adicione uma enorme dose de emoção em sua torcida por seus tenistas favoritos!