Uma característica comum a diversos tipos de luta é que um combate aguardado por dias (ou até meses e anos) pode durar muito menos do que todo o tempo previsto em regulamento. Basta um nocaute e tudo se encerra. Há quem não goste desse elemento, mas os fãs da modalidade colocam essa imprevisibilidade como um dos charmes do boxe.

A luta, aliás, que foi uma das modalidades mais populares nas décadas de 1970 e 1980, abriu caminho para o MMA (artes marciais mistas), principalmente com o UFC (veja quais são os maiores salários do Ultimate), assumir o protagonismo no esporte. Ainda assim, o combate disputado no ringue é um dos mais tradicionais do mundo e carrega fãs por todos os cantos do planeta –veja dicas de apostas no site da Betway.

Ao longo da carreira, o boxeador fica marcado por nocautes, períodos de invencibilidade, rivalidade com alguns companheiros e recordes –veja quais são os maiores boxeadores brasileiros na história. Por falar em marcas expressivas, a modalidade já contou com diversos nocautes muito rápidos, daqueles que não dá nem tempo de o público se ajeitar para os assaltos.

A seguir, veja qual é o nocaute mais rápidos da história do boxe e as marcas mais velozes dos principais lutadores da modalidade em todos os tempos.

media

Qual é o nocaute mais rápido da história do boxe masculino?

Segundo o registro do Guinness World Records, o nocaute mais rápido na história do boxe foi em um torneio Golden Gloves em Minneapolis, realizado em 4 de novembro de 1947. Na ocasião, Mike Collins nocauteou Pat Brownson em quatro segundos.

De acordo com relatos de veículos norte-americanos, Mike Collins, que era canhoto, surpreendeu o oponente. Primeiro, ele se posicionou com pé e mão esquerdos à frente, típico de quem tem esse lado como preferência. Assim que o árbitro autorizou o combate, ele inverteu a base e se posicionou como um destro.

O movimento deixou Pat Brownson confuso e de certa forma até perplexo, já que ele havia perdido a referência do oponente. Rapidamente, Collins se lançou em direção ao adversário e conectou o primeiro soco da disputa, um poderoso gancho de esquerda. O golpe derrubou o boxeador, que foi para a lona.

O juiz nem abriu contagem, interrompeu a luta e deu a vitória para Mike Collins, por nocaute técnico, após quatro segundos de duelo.

Boxe feminino registra nocaute de 7s

Recentemente, o boxe feminino viveu uma experiência similar ao histórico combate de 1947 entre Mike Collins e Pat Brownson. A norte-americana Seniesa Estrada, considerada uma das melhores de todos os tempos na modalidade, passou por cima de Miranda Atkins em uma luta em 2020.

Estrada desferiu sete socos em sete segundos, com um gancho de esquerda balançando Atkins antes de uma combinação fatal de socos (veja no vídeo acima). Foi um nocaute histórico na carreira de Estrada, apelidada de ‘Super Bad’ (em português, ‘Muito Má’) no mundo do boxe. À época, julho de 2020, astros de outros esportes, como LeBron James, comentaram sobre a finalização chocante.

Uma curiosidade do confronto é que Atkins foi escolhida de última hora para o embate. Jacky Calvo ficou impossibilitada de competir e abriu caminho para a outra atleta. Estrada, no entanto, não tomou conhecimento e mostrou que a indefinição pelo oponente não a abalou.

Nocaute mais rápido de grandes lutadores de boxe

Mike Tyson

Apelidado de "O Homem Mais Malvado do Planeta", Mike Tyson foi um dos boxeadores mais devastadores da história. Um soco do ex-pesado, e o oponente precisava de forças para se manter em pé. Mas até Tyson precisou de mais de um golpe para registrar o triunfo mais rápido de sua carreira.

Tyson conquistou sua vitória de número 25 ao nocautear Marvis Frazier, filho do lendário Joe Frazier, aos 30 segundos do primeiro assalto em 1986. Ele aplicou uma sequência de socos já na abertura do confronto e levou o público de Nova York ao delírio com a vitória em meio minuto.

Floyd Mayweather

Considerado um dos maiores lutadores de todos os tempos no boxe, Floyd Mayweather tem uma carreira absoluta com 50 vitórias e nenhuma derrota no card. A atuação mais rápida e certeira do ex-atleta aconteceu em 1997. Em maio daquele ano, Mayweather precisou de 1min12s para derrubar Tony Duran no primeiro assalto. A marca não chama a atenção como o recorde mundial e o registro de Mike Tyson, mas foi um nocaute rápido.

Manny Pacquiao

Com um recorde de 52 vitórias, sendo 38 por nocaute, Manny Pacquiao é um dos maiores da modalidade. A luta mais rápida da carreira do filipino aconteceu em 1996, quando ele enfrentou o sul-coreano Woo-Ki Lee. Pacquiao, com a sua corriqueira série de socos no primeiro assalto, derrubou o oponente após 1min04s. Ao longo da carreira, ele registrou outros nocautes na casa do segundo minuto, mas nenhum superou este desempenho.

As principais lutas do ringue estão disponíveis no site da Betway. Visite a nossa página e faça as suas apostas no boxe.