Cada vez mais popular no Brasil e no mundo, o futebol americano é totalmente diferente do futebol convencional. Jogado com a mão e com uma bola oval, o esporte disputado na NFL (maior liga esportiva norte-americana) envolve muita estratégia, detalhes e exige elencos extensos.

Para se ter uma ideia, uma franquia da NFL tem em média de 50 a 60 jogadores no elenco, isso sem levar em consideração os jogadores que ficam ‘em espera’, em caso de lesões ao longo da temporada, e os que ficam apenas treinando, mas não vão para as partidas.

O número elevado de jogadores, que é praticamente o dobro dos elencos do futebol convencional, indica muita coisa: apesar de também ser jogado com 11 atletas por time, o futebol americano tem diversas fases dentro de um mesmo jogo e exige a participação de muita gente para que a partida aconteça.

Sendo assim, há muitas posições e funções no futebol americano. Para facilitar o entendimento do público e o treinamento dos times no dia a dia, a NFL divide por fases os elencos. Ou seja, existe o time de defesa, o time de ataque e os especialistas em cada franquia da modalidade norte-americana.

Abaixo, veja quais são as posições em cada setor e a função de cada jogador no futebol americano.

media

Ataque

Quarterback (lançador)

media Jordon Kelly/Icon Sportswire via Getty Images

Dentro do ataque (posições mais badaladas), há o quarterback, que pensa o jogo, é o cérebro do time e o atleta mais valorizado e com maior salário. Ele tem por função pensar o ataque: ou seja, recebe o primeiro passe e decide qual ação sua equipe irá fazer para tentar avançar jardas e furar o bloqueio adversário. Ele precisa conhecer todas as jogadas planejadas pelo técnico, ter uma preparação física para lançamentos longos e uma boa mira para acertar a bola onde quiser.

Running Back - RB, HB, FB (corredor)

Durante uma saída, o running back fica ao lado ou atrás do quarterback e ele tem por função ganhar jardas terrestres, empurrando os rivais ou driblando os jogadores de defesa com a bola na mão. Eles costumam receber a bola na mão para avançar no gramado, e não com lançamentos.

Wide Receiver - WR (ala/recebedor)

Diferentemente do running back, o wide receiver corre geralmente pelos corredores do campo e faz movimentos planejados para receber o passe do quarterback. Antes de cada saída, os jogadores se reúnem e decidem quais serão os trajetos de corrida de todos do ataque para que a franquia consiga furar a defesa. Velocidade é a característica principal desse jogador.

Tight-end

O tight-end também é um jogador ofensivo, mas a sua função varia conforme a jogada definida pelo quarterback. Eles podem ou correr para receber as bolas do lançador, geralmente pelo meio do campo, ou bloquear e segurar a linha defensiva, abrindo espaço para os atletas corredores, os wide receivers.

Linha ofensiva - OL

A linha ofensiva é composta por cinco jogadores, que têm por função proteger o quarterback, para que ele consiga terminar a jogada. Eles geralmente são fortes e altos e o quinteto é formado por tackles, guards e um center. A linha ofensiva se posiciona na linha de scrimmage, onde o ataque é iniciado.

Center - C (central)

Sabe aquele jogador que inicia a jogada, agachado? É o center, ou central. Ele recebe instruções do quarterback e ajuda na orientação da linha ofensiva em busca da melhor ação ofensiva. Compõe a linha ofensiva.

Guards - OG (guardas)

Os guards, como diz o nome, ficam de sobreaviso protegendo o quarterback. Geralmente em duplas, eles ficam à direita e à esquerda do central, impedindo a defesa rival de chegar até o jogador ‘cérebro’ do time.

Tackles - LT e RT

Os tackles ficam nas extremidades da linha ofensiva e têm papel importantíssimo na proteção do lançador. Eles têm por função conter os ataques ao quarterback pelas beiradas, uma região geralmente vulnerável e com espaço quando um time está atacando.

Defesa

Linha defensiva - DL

media Scott Winters/Icon Sportswire via Getty Images

Como há uma linha ofensiva, também existe a linha defensiva, e elas se confrontam nas partidas de futebol americano na NFL. Compõem a zona de defesa o defensive tackle e o defensive end.

Defensive Tackle - DT

Na formação defensiva 4-3, os defensive tackles são os dois centrais da linha, que tentam bloquear os corredores centrais do ataque adversário. Quando a opção é 3-4, só um DT fica na linha e é chamado de nose tackle.

Defensive Ends - DE

Aberto nas extremidades da linha defensiva, os defensive ends têm por objetivo derrubar o lançador (sack é o nome desta ação) e impedir uma corrida pela lateral do ataque rival.

Linebackers - LB: OLB, MLB

Os linebackers talvez sejam os principais jogadores de defesa. Eles comandam as ações de bloqueio, liderando a linha defensiva, e suas atuações dependem do estilo de jogo da franquia. Eles podem agir pelo meio ou pelas beiradas, e a grande função deste atleta é apressar o passe do quarterback adversário, para que ele erre a jogada, ou então derrubar o lançador rival para que se encerre aquela saída.

Especialistas

Kicker (chutador)

media Scott Winters/Icon Sportswire via Getty Images

Depois de um touchdown ou quando a franquia fica longe da end zone adversária, mas quer somar pontos com o field goal, o kicker entra em ação. É o jogador que chuta a bola oval somente para pontuar. Em jogos equilibrados, eles costumam decidir o vencedor.

Punter - P

Quando a equipe não completa o ataque e decide por devolver a bola, o punter é o responsável por dar um chutão de longas jardas e afastar o ataque adversário de sua end zone.

Long Snapper - LS

Tem a mesma função do center, mas com habilidade para dar um passe inicial (snap) mais longo. Geralmente em situações de punt (devolução da bola) ou field goal (chute para três pontos).

Gunner

Especialista que entra em campo com uma função: ele é responsável por tentar derrubar o retornador (quem recebe a bola após o chute longo do adversário e corre para tentar ganhar o maior número de jardas possível).

O futebol americano está de volta, e a temporada completa você encontra na Betway. Visite o nosso site e aproveite para fazer apostas na NFL.