Estar na NFL é o auge para muitos atletas dos Estados Unidos. Principal competição de futebol americano do mundo, a liga paga salários astronômicos para seus maiores astros, geralmente os quarterbacks. A posição é a mais importante e prestigiada do jogo. É como são vistos os atacantes, responsáveis por colocar as bolas nas redes, no futebol convencional.

Mas as funções de um quarterback, a grosso modo, não se parecem a de um goleador nato. O QB poderia ser comparado a um legítimo camisa 10 do futebol. Ou seja, aquele meio-campista responsável por pensar o jogo e criar os lances de ataque. O verdadeiro cérebro do time.

Se ambos não estiverem em um dia bom, a equipe corre sérios riscos de ir mal. É por isso que os iniciadores das jogadas na NFL são tão famosos. Sem eles, as ações ofensivas não acontecem.

Para se ter uma ideia de como os quarterbacks são requisitados e famosos no meio do futebol americano, 15 das últimas 20 primeiras escolhas do Draft da NFL foram QB.

De acordo com o último levantamento da Forbes, renomada revista americana de finanças, nove dos dez jogadores mais bem pagos da liga são quarterbacks. Em média, os atletas ganham US$ 384 milhões combinados em salários, bônus e patrocínios. O valor é 3% maior em relação à última temporada e ao levantamento anterior das fortunas dos jogadores.

Quem são os jogadores mais bem pagos da NFL em 2020

10 - Aaron Rodgers
Salário: US$ 21,5 milhões
Patrocínios: US$ 9 milhões
Total: US$ 30,5 milhões

media

O jogador que abre a lista dos melhores salários da NFL é o astro Aaron Rodgers. O veterano de 37 anos, atualmente no Green Bay Packers, já foi duas vezes MVP da liga e é bastante midiático – e capaz de atrair diversos patrocinadores. O quarterback ampliou ainda mais a fortuna a partir de 2018, quando virou sócio minoritário do Milwaukee Bucks, time da NBA.

9 - Jared Goff
Salário: US$ 31 milhões
Patrocínios: US$ 2 milhões
Total: US$ 33 milhões

media

O próximo QB da lista é Jared Goff. Primeira escolha do Draft em 2016, o jogador levou o Los Angeles Rams ao Super Bowl apenas em sua terceira temporada na NFL. Ele recentemente renovou o contrato com a equipe por quatro anos e US$ 134 milhões. Além disso, tem patrocinadores como Nike, Pizza Hut, Red Bull e BMW.

8 - Tom Brady
Salário: US$ 25 milhões
Patrocínios: US$ 12 milhões
Total: US$ 37 milhões

media

Considerado o maior jogador da NFL de todos os tempos para muitos fãs do esporte da bola oval, Tom Brady é outro que acumula uma fortuna vasto de patrocínios, por tudo que representa para os norte-americanos. Recentemente, ele se transferiu para o Tampa, depois de anos de glórias no New England Patriots, com contrato de US$ 50 milhões em dois anos. Brady também lançou a 199 Productions, produtora para criar documentários e longas-metragens.

7 - Deshaun Watson
Salário: US$ 29,4 milhões
Patrocínios: US$ 8 milhões
Total: US$ 37,4 milhões

media

Watson aparece na sétima colocação com um bom salário. De acordo com estudos e projeções da imprensa local, ele atingirá o auge da fortuna em 2025, quando será agente livre (sem time no mercado), aos 30 anos. A boa expectativa se dá pelos novos contratos de televisão da NFL, que se tornará ainda mais rica a partir de 2023.

6 - Ryan Tannehill
Salário: US$ 37,5 milhões
Patrocínio: US$ 300 mil
Total: US$ 37,8 milhões

media

O quarterback do Tennessee Titans também tem um salário bem generoso. Ele assumiu a condição de titular na temporada de 2019, liderou a estatística de passes e recebeu uma recompensa impactante por isso: US$ 118 milhões em quatro anos.

5 - Drew Brees
Salário: US$ 25 milhões
Patrocínio: US$ 14 milhões
Total: US$ 39 milhões

media

Outro veterano na lista dos jogadores mais bem pagos da NFL é Drew Brees. O atleta de 41 anos assinou um contrato de dois anos com o New Orleans Saints por US$ 50 milhões. O longo tempo na liga o fez ultrapassar Eli Manning como atleta que mais ganhou dinheiro na carreira, com acumulados US$ 270 milhões.

4 - Dak Prescott
Salário: US$ 31,4 milhões
Patrocínio: US$ 8 milhões
Total: US$ 39,4 milhões

media

O quarterback assinou um contrato de um ano com o Dallas Cowboys no valor de US$ 31,4 milhões. O vínculo, incomum para a NFL (geralmente atletas e clubes assinam por mais tempo), fez com que ele aparecesse em quarto na lista dos mais ricos de 2020. Ele também surge bem quando o assunto são patrocinadores: Adidas, Pepsi e DirecTV são algumas das marcas que investem no jogador de 27 anos.

3 - Kirk Cousins
Salário: US$ 40 milhões
Patrocínio: US$ 2,5 milhões
Total: US$ 42,5 milhões

media

O contrato de Cousins com o Vikings fez do quarterback um dos mais bem pagos em 2020. Ele assinou por duas temporadas por US$ 66 milhões, com bônus de US$ 30 milhões.

2 - Carson Wentz
Salário: US$ 39,4 milhões
Patrocínio: US$ 4 milhões
Total: US$ 43,4 milhões

media media

O quarterback do Philadelphia Eagles é o segundo mais bem pago de 2020. Isto porque assinou um contrato de “apenas” US$ 128 milhões, que ainda inclui US$ 38 milhões de bônus. Os patrocínios também aumentam a fortuna do astro, tais como Nike, Amazon, Sanford Health e Bose.

1 - Joey Bosa
Salário: US$ 43 milhões
Patrocínio: US$ 750 mil
Total: US$ 43,8 milhões

media

O único jogador que não é quarterback na lista dos maiores salários é justamente o líder do top-10. Joey Bosa, o defensive end do Los Angeles Chargers, chegou ao topo devido ao contrato de US$ 100 milhões, assinado em julho de 2020. Depois, ainda acertou uma extensão de US$ 135 milhões.

O prestígio do jogador, recordista em ganhos para a posição, dá-se, dentre outros fatores, pelos 40 sacks (ação em que o atleta defensivo derruba o quarterback adversário, acabando com o ataque) que ele conseguiu em 51 jogos desde que foi draftado, em 2016.

O playoff da maior liga de futebol americano do mundo está batendo à porta. Não perca a chance e faça as suas apostas na NFL.