A Liga dos Campeões chegou em sua quinta e penúltima rodada na fase de grupos. Alguns times, como Bayern de Munique e o próprio PSG já estão garantidos na próxima fase.

Outros, como Tottenham, Napoli e o Real Madrid, estão próximos de garantir a vaga, mas ainda não fecharam e derrotas nesta rodada podem render algumas complicações.

O Real Madrid perdeu feio para o PSG na partida de ida, na França. O 3 a 0 foi uma constatação dolorosa de que o clube precisaria se reinventar após a saída de Cristiano Ronaldo.

Zidane foi recontratado como treinador, mudanças foram feitas, as cobranças subiram de tom, e o time parece estar se reencontrando com o bom futebol.

Uma vitória no Santiago Bernabéu é suficiente para que os merengues confirmem a vaga nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões e ainda possibilitaria ao clube uma briga pela primeira posição do grupo, o que resultaria em um confronto mais fácil na próxima fase, pelo menos teoricamente.

De quebra, uma vitória contra o PSG serviria para espantar o fantasma do primeiro jogo entre as equipes e mostraria que o clube tem totais condições de brigar com equipes poderosas da Europa, aumentando o ânimo dos jogadores e as chances de uma campanha melhor na Liga dos Campeões.

Uma derrota, porém, pode ter consequências catastróficas para o maior vencedor da história do principal torneio europeu.

Isso porque no mesmo dia, mas horas antes, jogam Galatasaray da Turquia e Club Brugge da Bélgica. O jogo é na Turquia, mas os donos da casa têm apenas um ponto nesta competição e estão matematicamente eliminados. Apenas goleadas contra o adversário desta terça e contra o PSG fora de casa na última rodada podem, talvez, levar os turcos para a próxima fase.

Os belgas, por outro lado, têm uma chance um pouco menos desfavorável de conseguirem a vaga para as oitavas-de-final.

Tudo depende dos jogos desta terça, mas se o Real Madrid perder o jogo contra o PSG e os belgas conseguirem uma vitória na Turquia, a diferença que hoje é de 5 pontos, cairá para apenas 2. Então, restará a última partida, que é justamente entre o Brugge e o Real Madrid, na Bélgica.

No primeiro jogo entre as equipes, um empate em 2 a 2 na Espanha, sendo que o Real Madrid teve que suar muito para buscar esse pontinho que vai deixando a equipe próxima da vaga, após sair perdendo por 2 a 0, em jogo marcado por uma partida desastrosa do goleiro Courtois, que foi substituído no intervalo do jogo em uma rara ocasião onde um goleiro foi substituído por deficiência técnica.

Afinal, quem pode fazer a diferença no jogo desta terça?

Após este panorama, vamos entrar no detalhe do jogo entre Real Madrid e PSG, para ver quem são os jogadores com maior potencial de mudar o rumo da partida.

Benzema

media Fonte: Getty Images

O atacante francês atravessa uma grande fase e é disparado o melhor jogador da equipe espanhola que investiu pesado em contratações para este ano.

No total, são 11 gols e 5 assistências em 15 jogos na temporada e um desempenho tático fundamental para o esquema de Zinedine Zidane.

O francês está inspirado e parece jogar até com uma certa raiva, após declarações do presidente da Federação Francesa de Futebol de que sua passagem pela seleção francesa estava terminada. Benzema terá a chance de provar, justamente contra o principal time francês, que o cartola está errado.

Hazard

media Fonte: Getty Images

O craque belga realizou seu sonho de se transferir para o Real Madrid, mas ainda não disse a que veio. São 11 partidas na temporada, com 4 assistências e apenas 1 gol, marcado contra o Granada pela La Liga.

Porém, o jogador parece estar recuperando a forma física ideal para suas características e costuma crescer em jogos grandes. Fique de olho nele.

Casemiro

media Fonte: Getty Images

Na parte mais defensiva do jogo do Real Madrid, o maior trabalho será o de Casemiro, que terá de marcar o fortíssimo meio-campo parisiense.

Como Toni Kroos e Luka Modric não são grandes marcadores, Casemiro está acostumado a carregar esta carga sozinho, mas às vezes ele não é suficiente e precisa de ajuda. Foi assim no 3 a 0 para o PSG e, se Zidane não pensar em nada diferente, tem tudo para ser igual na Espanha.

Porém, com um sistema defensivo acertado, Casemiro pode anular os craques do ataque do PSG e dar liberdade para Kroos armar o time no ataque.

Di Maria

media Fonte: Getty Images

O argentino é ex-jogador do Real Madrid e já declarou gostar de enfrentar o clube que o renegou, mesmo após seguidas temporadas de altíssimo nível.

Ele com certeza fez isso no primeiro jogo, quando fez 2 dos 3 gols da equipe francesa na vitória por 3 a 0, e sua fase não piorou nada desde então. Nos últimos 4 jogos do Campeonato Francês, 3 gols e 3 assistências. Nada mal.

Keylor Navas

media Fonte: Getty Images

Outro ex-madrilenho, Navas também admite jogar com uma motivação extra contra o Real Madrid, após anos na reserva mesmo sendo considerado um dos melhores na posição. A gota d’água veio com a contratação de Thibaut Courtois, o que fez Navas entrar na lista de indesejados dos merengues.

O clube espanhol, se não está arrependido ainda, com certeza deve estar quase, pois enquanto Courtois não faz uma temporada segura, o costa-riquenho está pegando tudo na França.

Ele esteve presente em 12 jogos pelo PSG nesta temporada e sofreu apenas 5 gols, mostrando que sua grande fase se estende desde a Copa de 2014. Se ele estiver inspirado, os atacantes madrilenhos terão problemas.

 

Agora é só acessar nossa página de futebol bets e curtir a Liga dos Campeões com a gente!