Antes de mais nada, este texto foi escrito antes de qualquer decisão sobre o coronavirus, então se as coisas mudarem, paciência. Porém, não acreditamos que o resultado possa ser outro que não o encerramento do campeonato e a promoção do Leeds de volta à Premier League.

A discussão ainda está muito acalorada em todas as divisões do futebol inglês. Na Premier League, o mundo exige que o Liverpool seja declarado campeão. Mas declarar um time campeão e encerrar o campeonato automaticamente exige que todas as outras regras sejam seguidas. Ou seja, desde os classificados para a Liga dos Campeões aos rebaixados estariam definidos, mesmo que ainda houvesse partidas a serem disputadas. Por isso há uma pressão de alguns clubes para que a temporada seja anulada. O que esta anulação significaria e quais seriam suas consequências ainda não está certo, mas parece inaceitável que um campeonato que estava a rodadas de terminar seja anulado.

O mesmo acontece na segunda divisão, a Championship, só que com algumas diferenças. Enquanto o Liverpool tem uma distância enorme para o segundo colocado e podia ser campeão já no próximo jogo, a disputa pelo título na segunda divisão está – ou estava totalmente aberta. O Leeds lidera o campeonato com 71 pontos, seguido de perto pelo West Bromwich, que tem apenas um ponto a menos. Muita coisa ainda podia acontecer em 9 jogos, claro, mas o cenário atual é este. E se formos seguir a regra da melhor forma possível e o campeonato for encerrado compulsoriamente, o Leeds deve ser declarado campeão.

Isso significa que depois de 16 anos, uma das equipes mais tradicionais da Inglaterra finalmente conseguiria voltar à elite do futebol no país, marcando o renascimento de um dos clubes mais proeminentes dos anos 90.

E, não fosse essa dúvida que deve durar mais algumas semanas, tudo seria mais mágico ainda. Mesmo que não ficasse com o título, o Leeds caminhava a passos largos para o acesso à Premier League.

O maior responsável por esta conquista seria ninguém menos do Marcelo “El Loco” Bielsa. O folclórico treinador argentino que foi um dos grandes retratos do fiasco da Albiceleste no mundial de 2002 e peregrinou por uma série de clubes nos últimos anos, finalmente acertou a mão e conseguiu uma campanha magnífica com um clube. Ele, que sempre foi mais conhecido por seu estilo excêntrico do que pelos resultados de seus projetos, finalmente parece ter dado um passo no sentido certo.

Claro, a pressão para que o campeonato seja anulado ou mesmo terminado de outra forma ainda persiste, já que o West Brom ainda teria chances reais de título, pelo menos outros 6 clubes brigavam pela última vaga nos playoffs e nenhum dos 3 rebaixados ainda estava matematicamente definido.

Mas é impossível não se alegrar com a possibilidade e até com a probabilidade de um dos clubes mais memoráveis da Inglaterra voltar à elite. O clube era um conhecido exterminador de gigantes, mas foi rebaixado em 2004, após fazer apenas 33 pontos em 38 jogos, terminando na 19ª posição, em uma temporada que marcou o início de uma crise financeira da qual o clube nunca se recuperou totalmente.

No ano seguinte, um campeonato medíocre na segunda divisão, terminando na 14ª posição, dava a ideia de que o pesadelo não acabaria tão cedo. Nem mesmo o 5º lugar na segunda temporada na Championship foi animador. No ano seguinte, o Leeds atingiu seu ponto mais baixo: o último lugar na Championship e o rebaixamento para a terceira divisão inglesa, da qual o time só sairia 3 anos depois.

De volta à segunda divisão desde 2010, o clube acumulou campanhas medíocres na década passada, mas finalmente emplacou uma boa campanha nesta temporada. O artilheiro do clube é Patrick Bamford, com 13 gols no torneio, longe do artilheiro máximo da Liga, o sérvio Mitrovic, que tem 10 gols a mais. Mas, como qualquer equipe de Bielsa, é na defesa que se encontra o ponto forte do conjunto. Com apenas 30 gols sofridos, O Leeds é a equipe que menos sofreu gols no campeonato.

Mas o motivo que simplesmente não pode impedir o Leeds de voltar à Premier League após uma campanha tão incrível é o clube está em seu ano de centenário. O clube completou 100 anos de vida em 17 de outubro de 2019 e estreou no futebol inglês em 1920. Então, na prática o Leeds conseguiria o acesso de volta à elite quando completou 100 anos no futebol inglês. Nada pode ser mais romântico que isso e o mundo está precisando de um pouco de romance ultimamente.

 

Acesse nossa página de futebol bets e curta alguns dos campeonatos do mundo que não pararam!