É claro que ao pensar na seleção portuguesa o nome de Cristiano Ronaldo é o primeiro a vir à cabeça. Não tem como ser diferente, nem vai, enquanto o jogador da Juventus permanecer defendendo as cores de seu país. Mas há de se admitir que este é provavelmente o último ciclo de CR7 até uma Copa do Mundo. Aos 35 anos, o craque ao menos conta com uma nova geração boa para o auxiliar no torneio de 2022, no Qatar.

Vivo em busca da classificação para a semifinal da Liga das Nações, no Grupo 3, Portugal bateu de frente com a atual campeã do mundo, a França, e viu Croácia e Suécia ficarem para trás no ‘grupo da morte’ da competição.

A força portuguesa no torneio, vencido pela seleção lusa em 2018/19 (primeira edição), mostra que o país tem algumas peças interessantes e bons jogadores além de Cristiano Ronaldo.

Tanto é que, quando perdeu o atacante da Juventus recentemente, a seleção viu as novas promessas decidirem. Entre eles, o principal nome foi o de Diogo Jota, reforço do Liverpool para a temporada e o melhor jogador do time de Jürgen Klopp até o momento.

Abaixo, conheça os garotos que vêm se destacando em grandes clubes da Europa e, inevitavelmente, ganhando espaço na seleção de Fernando Santos.

Diogo Jota e o começo arrasador no Liverpool

Contratado a peso de ouro pelo time inglês -- as cifras iniciais atingiram 41 milhões de libras (R$ 308 milhões, na cotação atual) -- depois de uma boa temporada pelo Wolverhampton, Diogo Jota vem correspondendo já nestes primeiros jogos da temporada. Ponta esquerda que atua também nas outras posições do ataque, ele barrou Roberto Firmino na Liga dos Campeões por causa da boa fase e anotou um hat-trick contra a Atalanta.

Sobre o garoto de 23 anos, é interessante analisar tudo o que ele vem entregando neste começo de temporada. Foram sete gols somente nas primeiras 10 partidas pelo Liverpool e atuações convincentes a ponto de fazer Klopp repensar o trio de ataque então consolidado do time, formado por Salah, Mané e Firmino.

Jota, que até então chegou para ser um reserva de luxo de Mané pela esquerda, aproveitou as brechas por lesões e problemas físicos dos titulares no começo do ano e agora pede passagem para continuar entre os 11 iniciais.

Atuando até mais centralizado, já que Salah segue na direita e Mané pela esquerda, o atacante mostra versatilidade na frente. O bom chute, aliado ao faro de gol e o drible em velocidade são as principais características do atleta, considerado o sucessor de CR7 em Portugal. Ao todo, são três gols na seleção principal.

No desenho tático português, ele surge como uma ótima opção de dupla para Cristiano Ronaldo. Isso porque Jota atua mais pelo lado e Cristiano consegue se concentrar mais por dentro, perto da área, sua principal função nesta reta final de carreira.

Sem o português da Juventus, por exemplo, Jota foi decisivo com seu faro de gol. Na vitória portuguesa diante da Suécia, por 3 a 0, na Liga das Nações, ele comandou a equipe com dois tentos.

Bruno Fernandes transformou o United e é o cara do meio

Destaque no Manchester United desde que chegou ao gigante inglês, em janeiro deste ano, Bruno Fernandes é um dos principais nomes da seleção portuguesa hoje em dia. Meio-campista mais avançado, o camisa 11 pensa e distribui o jogo com maestria. Surgiu, inclusive, em uma posição carente na equipe de Fernando Santos, já que o 10 de origem, Bernardo Silva, atua pelo lado e João Moutinho, jogador mais rodado, tem feito função mais recuada recentemente.

Fernandes melhora substancialmente a criação do time, já que roda bem a bola, dá passes entre os zagueiros e chega bem ao ataque. Seu estilo de jogo, por sinal, faz com que Diogo Jota, Bernardo Silva e o próprio CR7 participem mais das jogadas e, consequentemente, deixa a seleção mais perigosa.

O meia de 26 anos tem dois gols até o momento, e bate pênaltis quando Cristiano não está presente. Na última temporada, em seis meses na Inglaterra, transformou a equipe de Solskjaer: deu força à criação, balançou as redes diversas vezes e comandou os Red Devils até a Liga dos Campeões.

João Félix: a grande joia da geração portuguesa

Mais jovem que os outros dois jogadores citados acima, João Félix é a grande joia portuguesa. Depois de brilhar no Benfica, o meia de 20 anos foi contratado por 127 milhões de euros pelo Atlético de Madri, em 2019. Atualmente, é titular no clube espanhol com Simeone e faz boas apresentações caindo mais pela esquerda do meio de campo.

Félix, que é um jogador técnico, de bom passe e finalização aguçada, controla a bola quando a tem e faz boa dobradinha com Renan Lodi neste início de temporada em seu clube. Como é muito presente no ataque, o lateral esquerdo brasileiro tem jogado próximo ao garoto português, que ganha tanto a opção de tabela pela beirada como triangulações por dentro, com Correa e Suárez. Na seleção, Félix atua ao lado de Bruno Fernandes e deixa o setor ainda melhor.

Outros jovens utilizados por Fernando Santos

Há ainda mais três jovens de destaque na seleção portuguesa. Renato Sanches, badalado reforço do Bayern de Munique em 2017, e hoje no Lille aos 23 anos, compõe o elenco. Na zaga, Rúben Dias é uma das melhores novidades. O zagueiro, também com 23 anos, joga no Manchester City e faz parte da renovação do setor, comandado por anos por Pepe -- o atleta de 37 anos ainda atua na seleção de Fernando Santos.

Por fim, Trincão começa a defender as cores de Portugal depois de se transferir do Braga para o Barcelona, em agosto de 2020. O ponta direita de apenas 20 anos é de extrema importância para o elenco, pois surge como opção para a posição de Bernardo Silva, até então sem um substituto direto. Como é jovem, o atacante do clube catalão deve ser usado mais no decorrer dos jogos neste início, como peça para o segundo tempo. De toda forma, manifesta-se como uma sombra para o camisa 10 português e jogador do Manchester City, por anos a única companhia de CR7 na frente.

Jovens como Bruno Fernandes, Diogo Jota e João Félix provam que a seleção de Portugal não é mais apenas Cristiano Ronaldo. Podemos considerar os portugueses como uma equipe de alto escalão? O quão longe eles podem chegar em suas competições? Use todo seu conhecimento e faça suas bets na Liga das Nações.