É muito difícil um profissional de imprensa que trabalha com esporte não ser apaixonado por isso. Está na essência do jornalismo esportivo gostar das modalidades e no Brasil, em especial, amar futebol. Diante deste cenário, quase todos os famosos na televisão têm um time do coração. Galvão Bueno, Milton Neves, PVC e companhia: para qual clube eles torcem?

O debate sempre vem à tona em decisões que envolvam rivais. Por exemplo, na final da Copa Libertadores 2021, palmeirenses, no geral, evitaram acompanhar o jogo pelo Fox Sports, que teria a narração de João Guilherme. Acontece que o jornalista, diferentemente do que imagina boa parte dos fãs, não torce para o Flamengo. Ele é gremista, mesmo tendo nascido na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro.

Ainda assim, ele ganhou muita identificação com o clube carioca depois da Libertadores 2019. João Guilherme narrou de forma magnífica a virada nos minutos finais contra o River Plate e ficou marcado para a torcida rubro-negra. Por isso, os palmeirenses preferiram acompanhar o ‘grande duelo’ do futebol brasileiro na temporada pelo SBT, com Téo José.

Os fãs do clube paulista também têm certa identificação com o narrador do SBT, pois ele narrou boa parte da campanha do bicampeonato, na temporada 2020, conquistado em cima do Santos, no Maracanã.

Atualmente, existem alguns perfis de conduta na imprensa brasileira. Há quem discorra de forma aberta sobre o time que torce, há quem prefira esconder e há, também, aqueles que tentam, mas não conseguem disfarçar a paixão… o clubismo vence.

A seguir, confira para qual time torce os principais jornalistas esportivos do Brasil.

Galvão Bueno: Flamengo

Na história da comunicação e do futebol brasileiro, Galvão Bueno é uma das principais figuras do jornalismo atual e da TV Globo. O icônico narrador de Copas do Mundo e títulos marcantes de vários clubes grandes do país  relutou para confirmar a sua paixão pelo Flamengo, mas já há algum tempo não nega ser rubro-negro.

Carioca, Galvão sempre foi considerado flamenguista por rivais do Rio ou até mesmo por torcedores de São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre. O talento para narrar e se comunicar, porém, nunca permitiu que essa revelação fosse um problema para Galvão.

Marcos Uchôa: Flamengo

Recentemente, Marcos Uchôa anunciou a saída da TV Globo depois de 34 anos a serviço da maior emissora do país. Ao lado de Galvão e outros craques do jornalismo, cobriu Copas do Mundo, Olimpíadas e fez reportagens históricas para a televisão brasileira. Quando participou do ‘Bem, Amigos’, programa apresentado por Galvão, para se despedir da Globo, o companheiro o entregou.

“E agora podemos falar Júnior, que esse último trabalho com você e com o Zico, que, por baixo da camisa que ele estivesse usando lá, estava a camisa do Flamengo. Agora que ele parou já podemos falar”, brincou Galvão, confirmando a paixão de Uchôa.

Tino Marcos: Flamengo

Situação semelhante viveu Tino Marcos. O lendário repórter de campo deixou a TV Globo recentemente e aí, sim, falou sobre sua paixão fora do trabalho. Como os companheiros de transmissão na emissora carioca, Tino revelou ser flamenguista de coração.

PVC: Palmeiras

Paulo Vinícius Coelho, mais conhecido como PVC, hoje está no Grupo Globo e é um dos jornalistas mais renomados da imprensa brasileira. Com uma memória fora do comum para armazenar informações históricas sobre futebol, o comentarista também é ótimo analisando tática e tem bastante abertura em diversos clubes. Ainda assim, ele é palmeirense e sempre que pode vai ao Allianz acompanhar a equipe.

André Rizek: Corinthians

Outro que tem bastante visibilidade no Grupo Globo é André Rizek. Apresentador do Seleção SporTV, Rizek tem opiniões importantes e contribui bastante para o debate esportivo, mas não consegue disfarçar muito bem seu time do coração, o Corinthians.

Mauro Cezar: Flamengo

Mauro Cezar Pereira fala abertamente sobre a sua paixão no futebol: o Flamengo. Especialista em análises táticas e técnicas, o jornalista sofre muitos ataques por ser flamenguista, ainda que seja um dos mais críticos ao clube da Gávea. Na verdade, ele tem um bom nível crítico com todos os clubes.

Milton Neves: Santos e Atlético-MG

O lendário apresentador da Bandeirantes não esconde em nada as suas paixões no futebol. Diferentemente da maioria, Milton Neves tem dois times: o Santos e o Atlético-MG. Sempre que pode, aliás, ele zoa os rivais para valorizar os feitos dos dois clubes.

Antero Greco: Palmeiras

O sobrenome já diz tudo: o experiente comentarista da ESPN tem raízes italianas e por isso é palmeirense. Também bastante respeitado no cenário nacional, Antero Greco tem deixado cada vez mais evidente a paixão pelo time alviverde, como um componente extra, mas em nada isso atrapalha o seu trabalho. Ele tem 65 anos e uma longa jornada na televisão.

Juca Kfouri: Corinthians

Dá para ser dizer o mesmo de Juca Kfouri. Considerado um dos maiores nomes da imprensa brasileira, ele não disfarça a paixão que tem pelo Corinthians. Inclusive, isso pauta parte do seu trabalho, muito respeitado pelos comunicadores em geral.

Arnaldo Ribeiro: São Paulo

Frequentador de diversas mesas-redondas na televisão brasileira, Arnaldo Ribeiro é são-paulino e não nega. Além de ‘bater ponto’ no Morumbi, ele tem um canal no YouTube que, majoritariamente, discute atuações e jogos do próprio São Paulo.

Cléber Machado: Santos

O narrador titular da Globo em São Paulo torce para o Santos. Cléber Machado é o responsável pelas transmissões dos jogos dos grandes do estado, mas no fundo tem uma preferência: o time da Baixada Santista.

Téo José: Goiás

O narrador do SBT, que esteve no centro das atenções na decisão da Copa Libertadores, é natural de Goiânia e guarda um carinho especial pelo lado ‘verde’ da cidade: Téo José é torcedor do Goiás.

Felipe Andreoli: Portuguesa

Atual apresentador do Globo Esporte SP, Felipe Andreoli torce para um time ‘diferente’ do padrão: descendente de portugueses, ele é lusitano, ou seja, fã da Portuguesa.

Mauro Beting: Palmeiras

Assim como Mauro Cezar, Mauro Beting não faz nenhuma questão de esconder seu time do coração: é palmeirense, bem como era seu pai, Joelmir Beting, faz textos emocionantes sobre o clube e por vezes é mestre de cerimônia de eventos do Palestra.

Lédio Carmona: Vasco

Um dos principais comentaristas da Globo no Rio de Janeiro é Lédio Carmona. O experiente jornalista é bem ponderado nas colocações, mas tem, sim, um time do coração: o Vasco da Gama.

Luiz Carlos Júnior: Fluminense

Companheiro de Lédio Carmona em diversas transmissões, Luiz Carlos Júnior também tem uma preferência no Rio de Janeiro: o Fluminense. Ele já teve de lidar com críticas quando narrava de forma mais contundente os gols do atacante Fred, ídolo do Tricolor das Laranjeiras.

Mário Marra: Atlético-MG

Recentemente, o Atlético-MG foi campeão brasileiro 2021  e encerrou um jejum de 50 anos sem o troféu do torneio nacional. Na imprensa, repercutiu bastante a reação de Mário Marra. Atleticano de coração, o comentarista da ESPN não conteve a emoção e chorou ao vivo após a conquista.

Maurício Noriega: Palmeiras

Comentarista do Grupo Globo, Maurício Noriega é palmeirense de coração. Ele é daqueles que preferem esconder a paixão para tentar manter ao máximo a discrição nos comentários.

Os principais campeonatos do Brasil estão disponíveis na Betway. Visite a nossa página futebol bets e faça as suas apostas esportivas.