A Copa do Nordeste é a competição regional de maior destaque no Brasil atualmente. Depois de a década de 1990 consagrar o Torneio Rio-São Paulo, é a vez da região nordeste conquistar o protagonismo no País desde que houve a retomada da competição, em 2013. De lá para cá, o torneio se estruturou, estabeleceu um modelo interessante de disputa e aumentou gradualmente os valores pagos em premiação aos clubes.

A única exceção na curva de crescimento dos prêmios ocorreu em 2021, quando a organização da Copa do Nordeste reduziu os valores por conta da pandemia. De todo modo, a competição já parece retomar o bom momento e promete pagar em 2022 cifras maiores em relação ao que foi distribuído na temporada passada.

Para isso, a liga desenvolveu um novo sistema de premiação. Em reunião dos 16 clubes com as lideranças da Copa do Nordeste, ficou definido que não haverá modificação nas cifras ‘fixas’ repassadas aos times. Ou seja, os valores se repetirão em 2022. A grande novidade fica por conta de uma variável, chamada “receitas digitais”, que poderá render um ganho superior em premiações.

Funciona assim: essa receita variável virá de assinaturas dos torcedores ao pay-per-view da Copa do Nordeste. Quanto mais inscrições ligadas a um clube, mais receitas essa mesma agremiação irá receber.

“Foi uma reunião muito proveitosa, há um entendimento muito grande entre a Liga do Nordeste e os clubes. Chegamos ao acordo de não alterar o valor [de premiação fixa], mas criar essa questão das receitas digitais. Cada clube receberá proporcional à quantidade de torcedores que assinarem o pay-per-view”, afirmou Constantino Júnior, vice-presidente da Liga do Nordeste, após a reunião que definiu a premiação de 2022.

A seguir, veja como funciona a premiação da Copa do Nordeste, quanto o campeão arrecadará e quais serão os valores pagos em 2022, além do histórico de premiações do torneio.

Copa do Nordeste: valores de premiação em 2022

media Foto: Thais Magalhães/CBF

Conforme definido na reunião dos 16 clubes participantes da Copa do Nordeste, os valores fixos pagos aos clubes em 2022 serão os mesmos de 2021. Na primeira fase, o torneio regional segue um padrão similar ao visto nas fases iniciais da Copa do Brasil, que paga valores diferentes para cada grupo de clubes, conforme um ranking da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

A definição desses grupos na Copa do Nordeste leva em consideração o próprio ranking da CBF e acaba premiando mais as equipes de maior expressão, algo que também acontece na competição nacional de mata-mata.

Em 2022, terão quatro grupos de premiação na primeira fase (veja abaixo). Os valores de quartas de final, semifinal e final são fixos e não variam conforme a relevância ou posicionamento de um time no ranking da entidade máxima do futebol brasileiro. Desta forma, ficou definida a premiação da Copa do Nordeste em 2022 da seguinte maneira:

- Cota 1: R$ 1,910 milhão
- Cota 2: R$ 1,465 milhão
- Cota 3: R$ 1,290 milhão
- Cota 4: R$ 640 mil
- Quartas de final: R$ 300 mil
- Semifinal: R$ 350 mil
- Vice: R$ 500 mil
- Campeão: R$ 1 milhão

Vale pontuar que a premiação com receitas digitais, a variável, só será paga ao final da competição. Os valores fixos, conforme os clubes forem avançando na disputa, serão pagos de forma parcelada no decorrer do calendário de jogos.

Copa do Nordeste: distribuição de cotas por times (1ª fase)

Nas três primeiras fases da Copa do Brasil, times de Série A ganham valores maiores em premiação em relação aos times da segunda divisão, que saem na frente das equipes da Série C e assim por diante.

Em 2022, a Copa do Nordeste será separada em quatro cotas, também já definida na reunião das lideranças dos clubes com a organização. Assim são as categorias para a competição em relação aos prêmios:

- Cota 1: Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport
- Cota 2: CSA, CRB, Sampaio Corrêa e Náutico
- Cota 3: Botafogo-PB, Globo-RN, Altos e Campinense
- Cota 4: Floresta, Sergipe, Atlético-BA e Sousa

Quanto o campeão da Copa do Nordeste-2022 arrecadará?

A pergunta que todo torcedor dos clubes do Nordeste faz é: se meu time for campeão, quanto ele levará em premiação? Como apresentado acima, isso irá depender do grupo em que a equipe está na tabela de cotas.

Por exemplo, se o título da edição 2022 ficar com Bahia, Ceará, Fortaleza ou Sport, que estão na ‘cota máxima’, a premiação será maior. De toda forma, o campeão pode levar para casa uma premiação fixa de R$ 2,3 milhões a R$ 3,5 milhões (clubes do grupo Cota 1). A arrecadação deve ser ainda maior depois que forem somadas as receitas digitais (variável).

Evolução das premiações da Copa do Nordeste

O jornalista Cassio Zirpoli divulgou, em seu blog, um histórico da premiação da Copa do Nordeste na ‘era moderna’ – desde que a competição foi retomada e disputada ininterruptamente, em 2013.

Depois de um aumento gradual de 2013 a 2020, o torneio sofreu uma queda em 2021 e manteve o valor fixo para 2022. O repasse total em premiação da edição deste ano só será finalizado, de fato, após o término do torneio, quando entrará na soma as receitas digitais por clube.

Abaixo, veja o histórico de premiações da Copa do Nordeste e como a estruturação e divulgação da ’Lampions League’, apelido carinhoso em alusão à Uefa Champions League, beneficiou os clubes da região com receitas para o ano.

2013 – R$ 5,6 milhões
2014 – R$ 10 milhões
2015 – R$ 11,1 milhões
2016 – R$ 14,8 milhões
2017 – R$ 18,5 milhões
2018 – R$ 22,4 milhões
2019 – R$ 32,5 milhões
2020 – R$ 34,3 milhões
2021 – R$ 26,9 milhões

Vem aí a edição de 2022 da Copa do Nordeste, e todos os jogos estarão disponíveis na Betway. Visite nossa página e faça suas apostas no futebol.