O Flamengo é, atualmente, a grande potência do futebol do Rio. Apesar de não conquistar nenhum título ‘relevante’ na temporada 2021, o Rubro-negro venceu a Copa Libertadores e o Brasileirão (duas vezes) recentemente, tem uma verdadeira seleção e é considerado por muitos como o melhor time da América no Sul. No estado, não daria para ser diferente: o Fla é absoluto e atual tricampeão consecutivo do Campeonato Carioca.

A recente hegemonia começou em 2019, quando o Flamengo ainda nem sonhava viver os meses mágicos com Jorge Jesus no comando. Antes da chegada do português, Abel Braga conduziu o ótimo time da Gávea ao título estadual. Mesmo com a taça, ele ficou muito pressionado pelo desempenho ruim em campo e não demorou para deixar o comando técnico.

Com Jesus, o Fla embalou no Brasileirão, fez a melhor campanha da história dos pontos corridos e foi bicampeão da Libertadores derrotando o River Plate na decisão única, realizada em Lima (Peru). O português implementou um estilo de jogo muito ofensivo, de perde-pressão e muita intensidade, e o Rubro-negro sobrou no país com a tríplice coroca em 2019 – incluindo o Carioca.

Naquele ano, a austeridade financeira da gestão Eduardo Bandeira de Mello, anos antes, foi recompensada. Estruturado fora de campo, o Flamengo conseguiu contratar jogadores de ponta, montou um time muito bom e alavancou a receita com premiações milionárias, bilheteria e vendas de camisas para a multidão de torcedores – o clube tem a maior torcida do Brasil e explorou ações de marketing com os títulos históricos.

Em paralelo, enquanto o Fla começava a colher os frutos de gestões mais responsáveis e preocupadas em quitar dívidas, os rivais do Rio de Janeiro no Campeonato Carioca foram para outro caminho.

Vasco e Botafogo enfrentaram, e seguem enfrentando, momentos complicados após administrações muito ruins. Há alguns anos, os times não conseguem competir na elite. Já o Fluminense tem melhor estrutura, mas também luta para enfrentar o Fla de igual pra igual e não conseguiu impedir o tricampeonato seguido.

E em 2022: quais as projeções para o Campeonato Carioca? O que está em jogo para o Flamengo, que pode chegar a uma marca inédita e ainda repetir um recorde de 86 anos? Veja a seguir uma análise sobre o estadual do Rio de Janeiro.

Tetra seguido só Botafogo e Fluminense conseguiram

O Flamengo é tricampeão consecutivo do Campeonato Carioca seis vezes. Além da versão atual, o Rubro-negro foi dominante no Rio de Janeiro nas décadas de 1940, 1950, 1970 e 2000. Agora, o clube da Gávea tem a chance de atingir um feito inédito em sua história: conquistar o estadual quatro vezes seguidas. Nenhum time que passou pelo Ninho do Urubu conseguiu alcançar a marca.

Só dois clubes conseguiram isso no Rio de Janeiro: o primeiro foi o Fluminense, ainda no início do século XX e da profissionalização no futebol (1906-07-08-09). O Botafogo conseguiu vencer quatro troféus em série em 1932-33-34-35. São 86 temporadas desde a última vez que alguém ficou ‘tanto tempo’ vencendo o estadual carioca, e o Flamengo pode repetir os rivais em 2022.

Flamengo é amplo favorito, mesmo ‘alternativo’

Em reformulação depois de um ano ruim e de frustrações no Brasileirão e na Libertadores, o Flamengo deve repetir a estratégia utilizada no Campeonato Carioca de 2021, justamente para ter uma pré-temporada mais longa para seus principais jogadores e chegar ao final do ano no auge físico para, assim, brigar pelos títulos.

Ainda com Rogério Ceni no comando, em 2021 o Fla utilizou os jogadores reservas na maior parte do campeonato e foi colocar Gabigol, Bruno Henrique, Arrascaeta e companhia em campo somente na reta final. Com os titulares em ação, o Rubro-negro controlou e derrotou o Fluminense por 4 a 2 no placar agregado da decisão. Se seguir o mesmo cronograma, o clube da Gávea é bastante favorito.

Fluminense brigará pelo Carioca 2022

Classificado para a Libertadores de 2022, o Fluminense fez uma temporada regular no ano passado e foi ao mercado para se reforçar. Trouxe jogadores experientes e vitoriosos, como Felipe Melo e Willian, ex-Palmeiras, e agora aposta em Abel Braga para fazer campeão o time que mescla garotos de Xerém e veteranos consagrados.

A vitalidade de alguns jovens, como André e Luiz Henrique, mais as trajetórias respeitadas de Fred e Felipe Melo, por exemplo, pode ser uma ameaça ao tricampeão Flamengo. O desempenho do Flu irá depender de como os jogadores responderão às ideias de ‘Abelão’ em pouco tempo de trabalho.

Botafogo corre por fora

Campeão do Brasileirão Série B na temporada passada, o Botafogo está ‘confiante’ no retorno à elite do futebol nacional. No Estadual, o Alvinegro deve ir com força máxima até como forma de medir o nível diante do Flamengo e do Fluminense e se preparar para o Campeonato Brasileiro.

Mas, ainda que Enderson Moreira tenha feito um rico trabalho na reta final da Série B de 2021 e levado o clube ao título da segunda divisão, o Botafogo tem um elenco mais limitado e fica abaixo dos rivais. Um plano de jogo muito bem desenhado e executado pode ser a saída para brigar pelo improvável título do Carioca, algo ainda mais distante para o Vasco.

O Cruz-maltino, que permaneceu na Série B, segue com orçamento enxuto, preparou uma reformulação para 2022 e deve se comportar como a ‘quarta força’ do Rio de Janeiro.

Os estaduais de 2022 vão começar, e todos os jogos estão na Betway. Visite a nossa página futebol bets e faça suas apostas no esporte favorito do Brasil.