Disputado no formato de pontos corridos desde 2003, o Brasileirão Série A foi fixado na disputa com 20 clubes em 2006 e, desde então, uma máxima rege o campeonato: a equipe que for mais regular ao longo da temporada, vai ser campeã ao final de 38 rodadas. Por outro lado, quem for instável e trocar de técnico algumas vezes está fadado a lutar contra o rebaixamento.

Na reta final do Brasileirão, geralmente a partir da 30ª rodada, todo torcedor de um time que está em situação complicada e que não queira cogitar a queda para a Série B começa a fazer contas e mais contas: o que é preciso para não ser rebaixado?

A conta não é simples, uma vez que a cada ano a tabela é diferente e nem sempre o time consegue se salvar com uma pontuação específica. Mas é possível levantar uma média e analisar todo o histórico da competição por pontos corridos para responder: qual é a pontuação mínima para um time escapar do rebaixamento para a Série B?

Brasileirão: qual é a pontuação ‘mágica’ para evitar a queda?

Sempre que o Brasileirão Série A se aproxima do fim, as contas pelo Z4 dominam os debates esportivos na televisão. Afinal, a missão para permanecer na elite muitas vezes é árdua e com bastante pressão, principalmente quando um gigante do futebol brasileiro está na disputa.

Levando em consideração todos os campeonatos de 2006 para cá, ano em que a CBF fixou a primeira divisão em 20 clubes, existe uma pontuação ‘mágica’ que evita queda para a Série B: nenhum clube que atingiu 46 pontos ao longo das 38 rodadas foi rebaixado. Desta forma, dá para dizer que quando um time atinge essa pontuação, a situação é mais confortável.

Média dos 16º colocados: quem fica na Série A fez quantos pontos?

Outro número interessante de se analisar ao longo da história do Brasileirão por pontos corridos é a pontuação de cada 16º colocado na tabela, ou seja, o primeiro time fora da zona do rebaixamento e que, portanto, evitou o rebaixamento.

A menor pontuação de um time que ficou a uma posição do Z4 desde 2006 aconteceu no Brasileirão de 2019, quando o Ceará completou as 38 rodadas com 39 pontos. O Vozão se livrou da queda pois Cruzeiro (36), CSA e Chapecoense (32) e Avaí (20) fizeram campanhas muito ruins.

Situação semelhante viveu o Palmeiras em 2014. Pouco depois de subir da segunda divisão e estrear o Allianz Parque, o Alviverde fez um campeonato no sufoco. Foram 40 pontos somados ao término da temporada, e a salvação pelo Vitória, 17ª colocado com 38 pontos. Caso voltasse para a Série B naquele ano, muito provavelmente o Palmeiras não passaria pela reconstrução do elenco, a partir de 2015, que resultou em títulos do Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil.

Considerando as 15 edições já finalizadas do Brasileirão Série A, o 16ª colocado teve uma média de 43,2 pontos. Ou seja, um time crava a permanência na elite com 46 pontos, o número ‘mágico’ que vimos acima, mas pode se garantir com algo próximo a isso, dependendo do desempenho dos quatro rebaixados naquela edição.

Pegando um recorte mais recente, das últimas cinco edições do Brasileirão, a pontuação do 16º colocado é ainda menor: 42,2 pontos de média. Ou seja, as últimas edições apontam para uma queda mais acentuada e rápida dos rebaixados, e nem sempre os clubes precisam atingir os 46 pontos para dar adeus ao fantasma da Série B.

Recorde de pontos que terminou em queda

Se o Campeonato Brasileiro de 2009 foi nivelado por baixo e acirrado até as últimas rodadas -- o Flamengo foi campeão com apenas 67 pontos --, na disputa contra o Z4 a emoção foi grande e em alto padrão (levando em consideração o histórico dos pontos corridos).

O Coritiba, 17º colocado, terminou o Brasileirão com 45 pontos. O Coxa é até hoje a única equipe a chegar a esse número e ainda assim cair para a Série B. Naquela campanha, inclusive, os paranaenses tiveram uma vitória a mais (12 a 11) do que Fluminense e Botafogo, 16º e 15º colocados, respectivamente. Acontece que a dupla do Rio de Janeiro garantiu uma pontuação maior com muitos empates e assegurou a vaga na elite.

Sport (31 pontos), Náutico (38) e Santo André (41) foram os outros três rebaixados na ‘melhor’ disputa contra a queda para a Série B, no Brasileirão de 2009.

A Série A se aproxima do fim, e você tem acesso a todos os jogos na Betway. Visite o nosso site e aproveite para fazer apostas no Brasileirão.