Veja as principais dicas que você precisa levar em consideração para apostar em Brasil x Argentina, sábado (10), às 21h, na final da Copa América. O clássico acontecerá no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e tem a seleção de Tite como favorita ao título da competição.

Agora que você terá as melhores dicas da decisão entre Neymar e Messi, é só reunir os palpites e visitar a página exclusiva do torneio sul-americano para fazer suas apostas na Copa América!

Pensando em facilitar esse processo, veja abaixo tudo o que você precisa saber para definir a sua estratégia de aposta.

Decisão no Maracanã: vitória do Brasil

Muitos fatores colocam o Brasil como favorito na decisão da Copa América. Atual campeã do torneio, a seleção canarinha chega menos pressionada do que a Argentina, em jejum de títulos em competições oficiais (não vence desde 1993). O fato de Lionel Messi nunca ter levantado um troféu com a seleção principal também pode pesar contra.

Em números, a seleção de Tite está quase absoluta. Além de jogar em ‘casa’, no Maracanã, o Brasil tem números impressionantes desde que iniciou o ciclo para a Copa do Mundo do Qatar. São 25 vitórias em 34 partidas até o momento, com 80,4% de aproveitamento.

Também é impactante o saldo: 73 gols marcados e 13 sofridos; ou seja, 60 gols pró. Em 23 dos 34 jogos após a Copa da Rússia, a seleção não foi vazada.

Nesta Copa América, Brasil e Argentina finalizaram a fase de grupos com 10 pontos cada, sem nenhuma derrota. A equipe brasileira venceu nas quartas e na semifinal, enquanto os argentinos chegaram à decisão com um triunfo e um empate (classificação garantida nos pênaltis).

Mais de 2.0 gols

Se uma das marcas da seleção brasileira atual, treinada por Tite, é a solidez defensiva, o ataque comandado principalmente por Neymar é fatal. Na Copa América, em que houve revezamento do time, a boa média foi mantida e está em 2 gols por jogo. Já a Argentina vive um dos momentos mais inspirados de Messi na seleção, e tem média semelhante: 1,8 tento por partida. O duelo deve ter mais de 2.0 gols.

Show à parte: Neymar x Messi

media NurPhoto / NurPhoto via Getty Images

Melhor jogador do país, Neymar é a esperança brasileira pelo bicampeonato da Copa América -- e pelo hexa na Copa do Qatar, em 2022. Nesta Copa América, atuando como camisa 10, tem 2 gols, 3 assistências e 26 dribles concluídos.

Ele só não é melhor que Lionel Messi, que reencontrará o antigo parceiro de Barcelona louco para vencer seu primeiro torneio com a seleção principal. Indiscutível na Copa América até aqui, o craque tem 4 gols, 5 assistências e lidera a estatística de drible, com 33 no total.

Ele é o artilheiro da competição, seguido pelos companheiros Lautaro Martinez (3 gols) e Alejandro Gómez (2 gols). Será um grande teste para a defesa brasileira.

Levando em consideração as fases e os números, Messi e/ou Neymar vão participar de lances para gol na final da Copa América.

Mais de 2.5 cartões amarelos

Apesar de o Brasil ter uma média baixa de faltas e cartões amarelos na Copa América (foram 8 em 6 jogos, cerca de 1,3 amarelo por partida), a Argentina recebe bastante advertência no torneio realizado em solo brasileiro: ao todo, foram 13 cartões (média de 2,1 a cada 90 minutos). Pesa para o prognóstico de mais de 2.5 cartões todo o clima de um Brasil x Argentina e o nervosismo do clássico em um jogo valendo taça.