A grande final do 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) 2021 terminou 4 de setembro, com a RED Canids vencendo a Rensga de 3 a 1 para garantir o título e a vaga no Mundial 2021. Veja como foi a trajetória da equipe ao longo dos Playoffs até a conquista do título.

Um início avassalador

A RED Canids chegou como 6ª colocada da Fase Regular e, por isso, teve que disputar a partida contra o Flamengo Esports (3º colocado). Mesmo chegando como 3º colocado, o Flamengo tinha que se provar por conta do mau desempenho na segunda parte da etapa regular.

O que eles não esperavam era que a RED Canids chegaria com uma mudança, pois para os Playoffs eles trouxeram da RED Academy o jogador Daniel "Grevthar" Xavier e colocou na reserva Adriano "Avenger" Perassoli. E essa mudança se pagou, pois a RED venceu o Flamengo de 3 a 0 e com uma certa facilidade.

O primeiro jogo foi liderado pelo topo Guilherme "GUIGO" Ruiz, que jogou de Gwen para controlar o game desde o início, deixando o topo do Flamengo Lee "Parang" Sang-won em uma situação bem complicada – com o GUIGO terminando com um saldo de 10/2/6 (abates/mortes/assistências). Já o segundo game foi um verdadeiro atropelo da RED, pois o caçador Gabriel Vinicius "Aegis" Saes conseguiu pegar uma grande vantagem e distribuiu isso perfeitamente ao time, fazendo a partida terminar em 21 minutos e 46 segundos e terminando com participação em 21 das 31 eliminações da equipe.

O último jogo foi o mais acirrado, já que o atirador do Flamengo Lucas "Netuno" Flores realmente tentou trazer essa vitória com a Kai'Sa, mas mesmo com suas 14 eliminações não foi o suficiente para trazer a vitória, pois a RED conseguiu trazer o jogo no ponto em que a Camille de GUIGO voltou ao pico de força, sendo a grande responsável por acabar com as lutas e continuar com a pressão nas rotas laterais.

A principal barreira 

A partida da semifinal foi contra um dos principais oponentes da RED Canids, que é a Vorax Liberty. A lineup da Vorax Liberty sempre foi uma das barreiras da RED em avançar nos torneios e dessa vez eles conseguiram vencê-los de 3 a 1.

Os dois primeiros jogos foram muito acirrados para ambos os times, que resultaram em uma vitória para cada lado. No entanto, o terceiro jogo foi muito favorável para a Vorax Liberty e eles tomaram uma virada que foi muito impactante ao time, principalmente por conta de toda a vantagem que eles tinham e acabaram cedendo em algumas lutas para a RED Canids, que montou uma composição extremamente resistente e para lutas extensas. Essa derrota afetou bastante a Vorax, tanto que no jogo seguinte a RED Canids dominou do começo ao fim e venceu para fechar a série em 3 a 1.

Na série, o jogador que se destacou foi o atirador Alexandre "TitaN" Lima, que foi consistente e bem impactante ao longo das quatro partidas, pois foi muito estável e na hora que o time precisava de dano ou tempo para voltar, ele que segurou a responsabilidade – inclusive não morreu nenhuma vez nos dois jogos de Xayah (Jogo 1 e 4).

A grande final

A série de grande final foi contra a Rensga, que venceu a paiN Gaming na semifinal, e terminou em uma vitória tranquila para a RED Canids de 3 a 1. A Rensga chegou com o hype por ter vencido a favorita na semifinal, mas a RED já mostrou o motivo de ter chegado já nas duas primeiras partidas, que foram totalmente dominantes e terminaram antes dos 28 minutos. 

Essas duas primeiras vitórias vieram por conta da Akali do Grevthar que terminou 13/1/7 no primeiro jogo e acabou transformando a vantagem em uma bola de neve sem fim, enquanto o segundo foi controlado pelo ritmo do caçador Aegis de Xin Zhao, que conseguiu ser impactante em todas as rotas e impediu o caçador inimigo de crescer – facilitando a conquista de objetivos neutros como Dragão e Barão.

O terceiro jogo foi outro atropelo, mas pelo lado da Rensga dessa vez. A equipe aproveitou de escolhas fortes como Ezreal e Leona na rota inferior para forçar e conquistar vantagem, enquanto as outras rotas já tinham um crescimento natural muito maior para neutralizar qualquer tentativa da RED Canids de lutar, ainda mais com a escolha de Mordekaiser do jogador Thiago "Kiari" Luiz, que impedia qualquer tentativa de flanco.

O jogo final foi o único verdadeiramente acirrado nessa série da grande final, começou com a Rensga com vantagem no topo e meio, enquanto a RED tinha vantagem apenas com o caçador. Mas o jogo realmente virou na luta em que Aegis entrou muito bem com a Diana para acertar o controle de grupo, enquanto o topo GUIGO pegou os resets do Viego para limpar a luta. Depois dessa team fight a Rensga não tinha mais o que fazer, pois as únicas rotas que tinham vantagem acabaram ficando para trás.

Com o título, a RED Canids ganhou os R$ 70 mil de premiação do primeiro colocado, além da vaga no Mundial 2021 de League of Legends. Com isso, com exceção do Vietnã, as equipes representantes de cada liga regional foram definidas, com:

  • China: ⁠EDward Gaming, FunPlus Phoenix, Royal Never Give Up e LNG Esports
  • Coreia do Sul: ⁠DWG KIA, Gen.G, T1 e Hanwha Life Esports
  • Europa: MAD Lions, Fnatic e Rogue
  • América do Norte: ⁠100 Thieves, Team Liquid e Cloud9
  • Pacífico: ⁠PSG Talon e ⁠Beyond Gaming
  • Comunidade dos Estados Independentes (CEI): Unicorns Of Love
  • América Latina: ⁠Infinity Esports
  • Turquia: Galatasaray Esports
  • Japão: DetonatioN FocusMe
  • Oceania: ⁠PEACE
  • Brasil: RED Canids

O Mundial 2021 de League of Legends ainda não tem data definida para acontecer, porém já foi revelado que acontecerá na Europa ao invés da China, local anteriormente anunciado, por conta da acessibilidade para todos os times que vão competir. Vale ressaltar que ainda resta o torneio do Vietnã terminar para definir todos os times participantes, mas é provável que o representante não vá ao Mundial, visto o histórico das últimas competições como o Mid-Season Invitational 2021.

Se você gosta do cenário competitivo e acompanha as competições regionais, aproveite o seu conhecimento, visite a nossa página e faça apostas no CBLoL.