A Intel Extreme Masters (IEM) Season XVI Fall será última etapa do Regional Major Rankings 2021 de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) e definirá quais serão as 24 equipes que vão participar do PGL Major Stockholm 2021, o Major que marcará o retorno dos eventos presenciais após 2 anos sem um evento oficial da Valve – visto que o último foi o StarLadder Berlin Major 2019. Com isso, veja quais são as equipes participantes da IEM Season XVI Fall da Europa, América do Norte, Comunidade dos Estados Independentes (CEI), América do Sul, Ásia e Oceania.

Europa

A divisão europeia é a maior e possui 24 equipes participando e disputando as 11 vagas do Major (3 Legends, 6 Challengers e 2 Contenders). Todas as equipes foram divididas em 4 grupos de acordo com suas colocações, resultando em:

  • Grupo A - BIG, G2 Esports, mousesports, FunPlus Phoenix, Copenhagen Flames e AURA;
  • Grupo B -  Astralis, Heroic, Complexity Gaming, Sinners Esports, Endpoint e Movistar Riders;
  • Grupo C -  OG, Team Vitality, Sprout, ENCE, MAD Lions e Dignitas;
  • Grupo D - Ninjas in Pyjamas, FaZe Clan, Fnatic, SKADE, Team Fiend e Double Poney.

Apenas os dois melhores times de cada grupo avançam para os Playoffs, enquanto o terceiro time de cada grupo enfrentará uma bracket inferior para ver quem conseguirá mais pontos do RMR. A pontuação seguirá a seguinte divisão:

  • 1º lugar - 2500 pontos
  • 2º lugar - 2344 pontos
  • 3º lugar - 2188 pontos
  • 4º lugar - 2031 pontos
  • 5º lugar - 1875 pontos
  • 6º lugar - 1719 pontos
  • 7º lugar - 1563 pontos
  • 8º lugar - 1406 pontos
  • 9º lugar - 1250 pontos
  • 10º lugar - 1094 pontos
  • 11º lugar - 938 pontos

Pela Europa ter apenas dois torneios do RMR, a tabela de pontos ficou apertada e até mesmo equipes como SKADE e Dignitas e Movistar Riders, que não possuem pontuação, podem conseguir uma vaga no Major se for bem no torneio. Curiosamente, algumas equipes possuem pontuação suficiente para se garantirem no Major se conseguirem pelo menos a colocação mínima (11º lugar), como a Heroic (com 1660 pontos já acumulados), G2 Esports (1640 pontos) e mousesports (1600 pontos).

Das equipes participantes, vale destacar a Complexity que está com o recém-contratado Marcelo "coldzera" David, Ninjas in Pyjamas que conta com Nicolai "dev1ce" Reedtz e também a FaZe Clan e Fnatic, que estão fora da tabela de classificação e terão que dar tudo de si para conseguir uma das vagas no Major – assim como a Complexity.

CEI

A divisão da CEI é a segunda maior em quesito de gameplay, visto que as atuais melhores equipes do mundo são dessa região, com Natus Vincere (NAVI) e Gambit. Com isso, o evento conta com 12 times disputando apenas 5 vagas do Major (2 Legends, 1 Challenger e 2 Contenders) em apenas 2 grupos.

  • Grupo A - Natus Vincere, Team Spirit, Nemiga Gaming, Entropiq, Akuma e AVE;
  • Grupo B -  Gambit Esports, Virtus.pro, forZe, Team Unique, K23 e INDE IRAE eSports.

O formato de classificação é igual, com os dois melhores para os playoffs e o terceiro de cada grupo disputando por uma pontuação maior entre o 5º e 6º lugar. A divisão de pontos segue com:

  • 1º lugar - 2500 pontos
  • 2º lugar - 2344 pontos
  • 3º lugar - 2188 pontos
  • 4º lugar - 2031 pontos
  • 5º lugar - 1875 pontos

Um fato curioso é que a Natus Vincere é a primeira equipe classificada para o Major pois, mesmo que seja eliminada do Grupo A, ela terá pontos suficientes para garantir no mínimo a 5ª colocação independente do resultado. Essa conta só é possível porque o grupo só avança com 3 times na disputa de pontos e o Grupo A precisaria de 4 times avançando para tirar a NAVI.

No entanto, ainda é um torneio que precisa ficar de olho, pois mesmo sendo o 3º campeonato do RMR, a CEI tem times de grande qualidade e que costumam surpreender nesses torneios. A forZe, a Virtus.pro e a K23 serão os protagonistas dessa competição, visto que as três equipes estão lutando com poucos pontos de diferença e apenas duas delas podem se classificar – isso se os times do topo da tabela não forem eliminados.

Além disso, vale ficar de olho na Gambit, pois o time chega de duas derrotas nas quartas de final da ESL Pro League Season 14 e Intel Extreme Masters XVI - Cologne, sendo uma ótima oportunidade para ver se o time sentiu o peso das derrotas ou se conseguiram se organizar para o Major que está por vir.

América do Norte

A América do Norte segue no formato semelhante ao do CEI, apenas com a diferença da classificação das 5 vagas no Major, com 3 Legends, 1 Challenger e 1 Contender. Os dois grupos ficaram com os seguintes times:

  • Grupo A - Team Liquid, EXTREMUM, Extra Salt, Bad News Bears, paiN Gaming e ATK;
  • Grupo B -  FURIA Esports, Evil Geniuses, 00Nation, GODSENT, Triumph e Team oNe.

A divisão de pontos é igual ao da CEI, com a única diferença que a IEM Fall será o segundo torneio do RMR, então a diferença de pontos na tabela é menor e, com isso, uma classificação valerá a vaga. Os pontos são divididos com:

  • 1º lugar - 2500 pontos
  • 2º lugar - 2344 pontos
  • 3º lugar - 2188 pontos
  • 4º lugar - 2031 pontos
  • 5º lugar - 1875 pontos

Mesmo sendo um torneio da América do Norte, 6 das 12 equipes participantes são brasileiras ou possuem brasileiros na lineup, com Team Liquid, FURIA, GODSENT, 00Nation, Team oNe e paiN. Um fato curioso é que no melhor dos mundos, as cinco vagas poderiam ir para times brasileiros, no entanto existem alguns times bem fortes no meio do caminho como EXTREMUM e Evil Geniuses, além da Extra Salt e ATK, que são do Tier 2 mas são muito perigosas.

Além dos grandes e renomados nomes como Liquid, FURIA e EXTREMUM, é importante observar o desempenho da Evil Geniuses, que está passando por uma má fase, e também os brasileiros da GODSENT, paiN Gaming e 00Nation, que podem surpreender no evento e tentar garantir mais vagas para o Brasil no Major.

América do Sul

A América do Sul possui apenas uma vaga de Contender para o Major e, por isso, o torneio é muito mais simplificado. Com apenas quatro times classificados, MIBR, Sharks Esports, Imperial Esports e Bravos Esports, só o MIBR e a Sharks possuem chances de ir ao Major com a soma de pontos do RMR, visto que a pontuação distribuída da IEM Fall será da seguinte forma:

  • 1º lugar - 2500 pontos
  • 2º lugar - 2344 pontos
  • 3º lugar - 2188 pontos
  • 4º lugar - 2031 pontos

Com isso, a Bravos e a Imperial tentarão disputar pela premiação em dinheiro e tentar acabar com o sonho de uma das duas equipes de participar do Major. Por ter apenas quatro times, o formato também será diferente e contará com eliminação dupla, com chave inferior e superior para definir a grande final.

O MIBR terá que provar a dominância que manteve ao longo da temporada, enquanto a Sharks está atrás por apenas 55 pontos e poderá passar em qualquer escorregada do time. No entanto, a Bravos Gaming que não tem nada a ver com a história, e está em ótima fase, poderá aproveitar e mostrar do que seus jogadores são capazes para aprender, conquistar o prêmio em dinheiro e tentar a vaga no ano que vem.

Ásia

O torneio da região da Ásia segue com o formato idêntico ao da América do Sul, incluindo o número de vagas, pontuação e formato em eliminação dupla. Quem está na luta pela vaga é a TYLOO e a ViCi Gaming, que estão com a mesma pontuação no RMR, com 3631, e tudo dependerá de quem cair primeiro no torneio.

A TYLOO é uma organização já conhecida no CS:GO por participações anteriores de Major, mas a ViCi conta com um time que está junto desde 2019 e trabalhou muito a sinergia para chegar nessa disputa. Olhando de fora da vaga ao Major, Team NKT e Checkmate foram duas equipes que surpreenderam no classificatório aberto e podem facilmente acabar com o sonho da TYLOO ou ViCi Gaming.

Oceania

Por fim, a Oceania também conta com apenas uma vaga para Contender e terá o formato da América do Sul e Ásia. Mas nesse caso, a situação é bem mais favorável para a Renegades, que tem uma vantagem de 180 pontos para a ORDER e a diferença dos pontos do 1º e 2º lugar são 156 pontos. Então a ORDER terá que vencer a IEM Season XVI Fall e a Renegades ficar em 3º ou 4º lugar para eles conseguirem a vaga, enquanto a Renegades só precisa se preocupar em ficar em uma posição melhor ou exatamente uma abaixo de sua rival.

É uma situação bem complexa, porém tudo pode acontecer, principalmente pela Oceania ser uma das regiões que acabou ficando “ilhada” no CS:GO e disputou apenas torneios locais. Com isso, essas quatro equipes possuem muitos dados para estudar uma das outras, mas a Renegades ainda é a favorita por ter nomes experientes do cenário em sua lineup.

Acompanhe a IEM Season XVI Fall

A IEM Season XVI Fall acontecerá em dias variados por conta das seis divisões por região. No geral, o torneio acontecerá entre os dias 29 de setembro e 10 de outubro, com o calendário das seguintes regiões:

  • Europa - 29 de setembro a 10 de outubro;
  • CEI - 29 de setembro a 3 de outubro;
  • América do Norte - 5 a 10 de outubro;
  • América do Sul - 29 de setembro a 3 de outubro;
  • Ásia - 5 a 10 de outubro;
  • Oceania - 29 de setembro a 3 de outubro.

É importante ressaltar que o torneio terminará muito próximo do PGL Major Stockholm 2021, que está marcado para começar em 26 de outubro. Por isso, esse será o melhor termômetro para avaliar quais equipes chegam fortes para disputar o Major e também quais entram como favoritas.

Aproveite que a IEM Season XVI Fall será o último grande evento antes do Major para aprender mais sobre as equipes e o jogo. Com o conhecimento em dia, acesse a página CS:GO bets e faça suas apostas.