A IEM (Intel Extreme Masters) é um dos campeonatos oficiais do CS:GO (Counter Strike: Global Offensive) mais importantes dos esportes eletrônicos (eSports) por conta da tradição de muitos anos realizando competições e também conseguindo profissionalizar cada vez mais o cenário da modalidade em todo o mundo. 

Neste ano, o torneio está sendo sediado no tradicional centro de convenções Kay Bailey Hutchison na cidade de Dallas, localizada no estado do Texas (Estados Unidos). Com capacidade de público acima de 11 mil pessoas, o centro está sendo o local dos embates entre as melhores equipes de CS:GO e, claro, palco entre a emblemática melhor de três (MD3) partidas entre os brasileiros da FURIA e a organização alemã da G2, representando a europa no torneio. Porém, após o fim das competições em Dallas, a redação se reuniu e discutiu um pouco mais sobre a importância do Grupo B dentro do campeonato. O que esse grupo tem de diferente de outros grupos? Hoje explicamos um pouco mais sobre, compre sua arma inicial e vamos para o pistol round:

Brasileiros: representação em massa

Por muitos anos, poucas representações brasileiras estiveram presentes em torneios oficiais do competitivo de CS como um todo, inclusive, contando com toda a evolução do cenário da modalidade; desde o CS 1.6 e passando pelo Counter Strike: Source. E por que será que isso acontece? Na verdade, é bem simples: o game demorou muito tempo para ser profissionalizado de fato no Brasil. Na história do competitivo, poucas personalidades realmente conseguiram jogar profissionalmente em equipes e organizações que possuíam uma mínima estrutura para manter o dia a dia de pro players; isso fez com que muitos parassem com o CS e deixassem o sonho de viver do game de lado. 

Um dos principais responsáveis por investir no cenário e criar novos competidores foi o verdadeiro, Gabriel “FalleN” de Toledo. Com a criação da Games Academy, um tipo de escola para jogadores da modalidade, foram criados campeonatos pela Gamers Club e o competitivo brasileiro aos poucos foi se estruturando em praticamente passos de bebê. A Imperial ter competido contra FURIA pelo Grupo B só mostra como o Brasil ganhou novos pro players por conta da paixão e tentativa de um dos maiores jogadores do país. Vale lembrar que a MIBR também esteve na competição e acabou sendo eliminada pelos norte americanos da Team Liquid. Outro ponto a se pensar é que por mais que a Imperial também não tenha se classificado ao perder para a Liquid também, é importante pensar que neste ano, tivemos três representações do nosso país em um dos maiores torneios da modalidade.

O Grupo B

Cada um dos grupos do torneio somava um total de oito equipes cada e o segundo grupo de times (assim como o grupo A do torneio) teve três classificadas para os playoffs. Entenda como aconteceu a classificação do grupo. Primeiro, a BIG se classificou diretamente para as semi finais deste sábado (04) ao vencer a própria FURIA por 2 a 1 no último embate direto do B.

Foi desta forma que a pantera jogou as quartas de final da IEM contra a representante da região europeia, a G2 em um também 2 a 1; enquanto isso, a BIG avançou de forma direta. 

Já a Cloud 9 que também estava no grupo B na fase de grupos, garantiu vaga também para os playoffs por meio da repescagem ao vencer da Ninjas in Pyjamas (NiP) por 2 a 0 e da Team Liquid também pelo mesmo placar. Vale ressaltar que a Liquid foi a responsável por eliminar os brasileiros da MIBR e Imperial da competição. Ou seja, no fim do torneio, existem chances de ocorrer praticamente um embate do segundo grupo. Além destes times, a tradicional Complexity Gaming também integrou o grupo, mostrando que o B realmente é um osso duro de roer, aliás, um bomb difícil de invadir e plantar a C4.

A IEM Dallas 2022

Vale lembrar que a premiação total do campeonato é avaliada em US$ 250 mil, sendo transferida para a economia brasileira no valor acima de R$ 11 mil na cotação atual do dólar. Na divisão de premiações, o primeiro lugar garante o título, troféu e US $ 100 mil dólares. Já o vice campeão, fatura US$ 42 mil dólares e o terceiro e quarto lugar ganham US$ 20 mil.

A competição teve início no último dia do mês passado (30) e irá acabar neste domingo (06). Ao todo, as 16 melhores equipes do cenário mundial se enfrentaram pelo tier S da Liquipedia e Masters da Pro Tour da ESL (Electronic Sports League), sendo as classificadas pelo qualificatório da Europa, América do Norte, América do Sul, Oceania e as equipes parceiras e do ranking mundial da ESL. Nessa edição, existem três equipes que foram substituídas em todo torneio. 

Lembre-se de afiar suas habilidades no CS:GO para vencer cada vez mais. Aproveite o conhecimento e acesse nossa página CS:GO bets para fazer as suas apostas.