Quando se fala do meta (most efficient tactics available, ou tática mais eficiente disponível) de League of Legends (LoL), existem duas variações sendo o meta competitivo e o meta das partidas ranqueadas, em que a comunidade no geral aproveita e desenvolve diretamente em suas partidas. Entenda como funciona o meta e a importância de seguir para melhorar nas suas partidas ranqueadas de LoL.

O que é o meta?

O meta basicamente é o que está mais forte atualmente no jogo, seja em escolha de campeões, itens e builds, rotações ou até mesmo rotas para o caçador. O meta competitivo é usado pelos jogadores profissionais, mas nem todas as escolhas servem para o público geral, já que existem muitas escolhas voltadas para teamplay.

No entanto, o meta das partidas ranqueadas são escolhas muito mais voltadas para gameplay individual do jogador, com mais foco no que está forte individualmente e também filtrada pelos elos dos jogadores, tanto que existe o meta para ranqueadas no prata e o meta para ranqueadas no mestre, além de campeões que estão no meta em geral.

O meta é algo criado pela comunidade, que ao longo do tempo vai descobrindo picks que estão fortes no meta e, consequentemente, acabam com uma maior taxa de vitória. Esses dados normalmente são coletados por sites de status, que geram as famosas Tier Lists, que vão do Tier S ao Tier D e com filtros que vão de Prata+ até o Mestre+ (que são os jogadores mais habilidosos do servidor).

Por que seguir o meta?

Como o meta é algo que é criado naturalmente pela própria comunidade, é comum que as escolhas mais fortes estejam na prioridade e, seguindo o meta, você será capaz de entender o conceito que torna o campeão forte, seja pela build, runa ou algum buff que o campeão recebeu recentemente no patch.

O League of Legends é um jogo bem dinâmico que recebe muitas atualizações em curtos períodos de tempo e, por isso, existem pessoas que estudam os patch notes para entender. Mas não tem forma melhor de saber o que está forte se não jogando – mesmo que seja partida normal. Jogar com o que está forte não somente facilita a sua vida na hora de jogar umas partidas e conseguir as vitórias, mas também ajuda a entender as fraquezas do campeão ou da build, sendo um grande ponto para aproveitar futuramente.

Para ver as melhores opções, existem sites e serviços que são até apoiados pela Riot Games, como OP.GG e League of Graphs para ver estatísticas atualizadas em tempo real de campeões, builds e runas, além do ProBuilds que acompanha o histórico de jogadores profissionais e mostra o que eles fizeram ao longo da partida, incluindo seleção de itens, ordem de compra, ordem em que as habilidades foram upadas e as runas.

Acompanhar esse histórico e a força dos campeões é importante, pois às vezes o seu campeão predileto pode estar fraco, com uma baixa taxa de vitória e com itens poucos efetivos na sua itemização. Ver exemplos vitoriosos pode ajudar a corrigir sua build, runa ou até mesmo optar por um outro campeão mais forte – porque querendo ou não, a vitória nas ranqueadas é o grande objetivo.

Pré-temporada e counter-picks

Um ponto chave no final de ano é a pré-temporada de LoL, em que o jogo recebe grandes mudanças e tudo muda no meta. É importante ficar de olho nessa época e aproveitar para testar, pois existem muitas coisas fortes e que, futuramente, serão nerfadas pelos desenvolvedores, enquanto outras coisas serão mantidas para a temporada de 2022. Alguns exemplos são as runas Ritmo Fatal e Primeiro Ataque, que receberam mudanças na pré-temporada de 2022 e estão muito fortes, com uma taxa de vitória acima de 50% e uma grande variedade de campeões que podem utilizá-las.

Além disso, outro ponto para ficar de olho são os famosos counter-picks, que são escolhas de campeões naturalmente fortes contra um outro campeão por conta do kit de habilidades. Quando se trata do meta, é importante acompanhá-lo para saber o que está forte e também saber quais são os counter-picks de cada um. O Jayce é um exemplo, que está muito dominante no meta na rota do topo e muita gente escolhe ele como 1º pick, mas o que poucos sabem é que Irelia e Tryndamere são ótimos counters para neutralizá-lo. Dos serviços apoiados pela Riot, o League of Graphs pode lhe ajudar, pois mostra os principais counter-picks de acordo com a diferença de ouro aos 15 minutos, além dos filtros de grupos de habilidade.

Vale lembrar que o League of Legends é um jogo bem variado e com uma grande diversidade de campeões, táticas, itens e runas que vão mudando com o tempo, de acordo com cada patch que acontece, mudando drasticamente em alguns momentos do ano como pré-season e o meio de temporada.

Conheça mais sobre League of Legends aprendendo a jogar e entendendo na prática como o game funciona. Além disso, visite nossa página LoL bets e faça suas apostas.