A cerimônia do Oscar é uma das mais aguardadas do ano e conta com inúmeros preparos para ser perfeita. Mas mesmo com todos os ensaios e planos, nem ela é imune a imprevistos. Ao longo de suas 93 edições, vários acontecimentos já saíram do roteiro e surpreenderam tanto positiva como negativamente a premiação do Oscar. Confira os principais deles:

1. Melhor Filme vai para…

Talvez uma das maiores gafes do Oscar tenha acontecido em 2017, quando os atores Warren Beatty e Faye Dunaway, encarregados de anunciar o prêmio de Melhor Filme, afirmaram que o ganhador era La La Land (2016). Somente quando os produtores do musical já estavam agradecendo o prêmio que a verdade veio à tona: o melhor filme era, na verdade, Moonlight (2016).

O episódio, que ficou conhecido como #EnvelopeGate, aconteceu devido a entrega do envelope errado para os apresentadores. No caso, Beatty e Dunaway receberam o cartão com a ganhadora de Melhor Atriz, que naquele ano foi Emma Stone, por La La Land (2016).

2. Empate de gigantes

Em 1969, para a surpresa de todos, o anúncio do Oscar de Melhor Atriz trouxe não um, mas dois nomes: Barbra Streisand e Katharine Hepburn. O empate contou com exatamente 3.030 votos cada e como resultado Streisand levou o prêmio por Funny Girl - A Garota Genial (1968) e Hepburn por O Leão no Inverno (1968).

Por mais que sejam raros, os empates acontecem no Oscar. Hoje, a premiação já teve cinco no total:

  • 1932: Melhor Ator para Fredric March, por O Médico e o Monstro (1931), e para Wallace Beery, por O Campeão (1931)
  • 1949: Melhor Documentário para A Chance to Live (1949) e So Much for So Little (1949)
  • 1968: Melhor Atriz para Barbra Streisand, por Funny Girl - A Garota Genial (1968), e para Katharine Hepburn, por O Leão no Inverno (1968)
  • 1986: Melhor Documentário para Artie Shaw: Time Is All You've Got Down (1985) e Out in America (1985)
  • 2012: Melhor Edição de Som para Skyfall (2011) e Zero Dark Thirty (2011)

3. Oscar negado

Ganhar o Oscar de Melhor Ator pode ser o sonho de muita gente… mas não de Marlon Brando. Em 1973, o ator ganhou o prêmio pela sua atuação em O Poderoso Chefão (1972), mas fez questão de não comparecer à cerimônia. Em seu lugar, Brando tinha convidado a ativista dos direitos civis indígenas Sacheen Littlefeather para comparecer. Dessa forma, quando o Melhor Ator foi anunciado, Littlefeather subiu ao palco e leu uma carta do ator explicando que ele rejeitava o Oscar devido ao tratamento que os indígenas norte-americanos recebiam pela indústria cinematográfica.

Não é nem preciso dizer que a atitude foi um dos acontecimentos mais comentados da noite e da história da premiação.

4. Para maiores de 18 anos

Já estava chegando o momento mais esperado da premiação de 1974, quando um desses momentos aconteceu. Na época, o apresentador David Niven estava chamando Elizabeth Taylor para apresentar o prêmio de Melhor Filme, mas, antes da atriz aparecer, um homem pelado correu pelo palco com o símbolo da paz (e literalmente nada mais). Apesar dos métodos extravagantes, o artista e ativista de direitos LGBT Robert Opel conseguiu chamar atenção e virou assunto da noite.

5. Adele Quem?

O Oscar de 2014 não saiu ileso, pelo contrário: agraciou o mundo com um meme eterno. Em determinado ponto da noite, John Travolta subiu ao palco para anunciar Idina Menzel, atriz e cantora responsável pela dublagem da personagem Elsa, de Frozen (2013), que se apresentaria logo em seguida. No entanto, o ator se confundiu e falou o nome Adele Dazeem - transformando o momento em uma piada instantânea.

Não ficou claro se a gafe foi só confusão do ator ou se ele não conseguiu ler o teleprompter, mas Travolta não perdeu tempo para se desculpar à colega.

6. Flexões no palco

Depois de ganhar o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel em Amigos, Sempre Amigos (1991), Jack Palance resolveu fazer algo bem inesperado. No seu discurso de agradecimento, o ator de 73 anos reclamou do fato de que os diretores sempre questionavam o que um profissional da sua idade conseguia ou não fazer. Foi quando ele se abaixou e fez algumas flexões com apenas uma mão no palco. Se ainda sobravam dúvidas sobre o que Palance era ou não capaz, elas provavelmente morreram ali.

7. Declaração confusa

Ao aceitar o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pela sua interpretação em Garota, Interrompida (1999), Angelina Jolie deu um discurso que confundiu muita gente. Ela disse: "Eu estou em choque e tão apaixonada pelo meu irmão no momento!". Não é preciso nem dizer que a afirmação chocou muitos, ainda mais depois de uma foto dos dois se beijando. No entanto, nada garante que não foi uma escolha um tanto diferente de palavras.

8. A temida queda

Talvez um dos maiores medos dos premiados no Oscar é cair a caminho do palco… Algo que Jennifer Lawrence tornou realidade. Em 2013, ao subir a escada do palco para receber o prêmio de Melhor Atriz por O Lado Bom da Vida (2012), a atriz caiu, sendo auxiliada depois pelo colega Bradley Cooper. Lawrence não ignorou o fato e no seu discurso brincou: "Vocês todos estão aplaudindo em pé porque se sentem mal que eu caí e foi super vergonhoso, mas obrigada!".

9. Discurso surpresa

Ao receber o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante pelo seu papel em Boyhood (2014), Patricia Arquette usou o seu tempo para o discurso de agradecimento para falar de algo mais urgente. No caso, a atriz abordou a diferença salarial de mulheres, marcando a história com suas palavras: "Para todas as mulheres que deram à luz, para todas as pagantes de impostos e cidadãs desta nação: nós lutamos pelo direito de igualdade de todo mundo. É o nosso momento de ter igualdade salarial de uma vez por todas, assim como igualdade de direitos para mulheres nos EUA!".

Qual desses acontecimentos você não conhecia? Alguns deles são no mínimo hilários! Por falar em diversão, você também pode aproveitar para conhecer nossa página blackjack online e fazer suas apostas. Confira!