Atualmente, é raro que um livro, ainda que seja excelente, atinja por si só um status realmente icônico.

Na sociedade moderna, é cada vez mais difícil decifrar a indústria literária, visto que existe preferência por assistir a uma obra de 90 minutos em vez de se fazer uma leitura de 400 páginas.

Isso, no entanto, não quer dizer que a relação entre ambas seja inexistente. O personagem de James Bond, por exemplo, cujo próximo intérprete será muito provavelmente Regé-Jean Page de acordo com as últimas apostas, foi criado pelo romancista Ian Fleming antes que novas sequências de filmes fossem feitas.

Filmes adaptados de grandes histórias escritas são mutuamente benéficos para ambas as indústrias, com roteiristas podendo buscar apoio em livros cujos legados, por sua vez, são mantidos vivos por suas versões para a tela.

Na verdade, as séries de livros mais populares são as que geram adaptações cinematográficas de maior sucesso, como você poderá ver no infográfico abaixo, criado pelo nosso time de jogos de roleta online.

media

Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Alice no País das Maravilhas e O Hobbit já eram livros ou séries de livros icônicos antes de serem adaptados a filmes, e todos aparecem fortemente entre os 10 maiores faturamentos da história de livros adaptados para filmes.

O poder das séries é evidente aqui também.

Harry Potter e O Senhor dos Anéis são, respectivamente, séries de sete e três livros, enquanto O Hobbit se trata de um romance adaptado a três filmes.

A quantidade amplia a popularidade da franquia, com a audiência e o hype ao seu redor aumentando a cada lançamento.

Não havia, por exemplo, nenhuma possibilidade real de que o filme Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 fosse ser um fracasso após sete livros e sete filmes terem elevado a histeria em torno da série a níveis astronômicos.

Esse ponto é reforçado pelas avaliações do IMDB, que sugerem que as mais bem-sucedidas adaptações de livros a filmes em termos financeiros não são necessariamente os melhores filmes para a crítica.

media

Dentre os 10 filmes baseados em livros com maior faturamento, apenas dois estão classificados entre os 10 melhores no IMDB.

Dos 10 filmes mais populares no IMDB, sete são lançamentos avulsos, ou seja, não têm ligação com nenhuma outra produção cinematográfica. Eles são, é claro, filmes altamente bem-sucedidos, mas nenhum deles faturou tanto quanto os longas de franquia que ganharam apelo global unânime.

Nenhum dos filmes de Harry Potter consta na lista das 10 mais bem avaliadas adaptações, mas três deles estão entre as sete mais lucrativas.

A comparação entre as avaliações de Harry Potter no Goodreads e no IMDB também sugere que foi a qualidade da série de livros que inspirou os filmes a se tornarem alguns dos maiores da história.

media

Embora o sistema de avaliação do Goodreads possa render pontuações mais generosas, é impressionante que cada uma das avaliações seja melhor do que as de qualquer um dos filmes

O argumento de que as séries de livros mais populares e icônicas resultam nos filmes de maior sucesso financeiro também é evidente num geral.

Seis dentre os sete lançamentos avulsos que constam no top 10 de adaptações cinematográficas do IMDB foram melhor avaliados pelo IMDB do que pelo Goodreads – o filme foi considerado melhor do que o livro pela crítica e não arrecadou tanto quanto filmes baseados em livros com pontuação mais alta.

media

Das 10 adaptações de livros para filmes com faturamento mais alto, nenhum dos filmes teve uma classificação melhor do que a dos livros, com os volumes de Harry Potter e os livros Alice no País das Maravilhas e O Hobbit sendo visivelmente mais populares.

A tendência é clara.

Embora filmes possam ser atualmente bem mais populares e mainstream do que livros, são séries de livros icônicos que estão mais propensas a garantir que remakes de filmes sejam um sucesso financeiro.

Quando colocados juntos, Harry Potter e O Senhor dos Anéis são os melhores exemplos do quão bem-sucedida uma franquia que conta tanto com livros quanto com filmes pode ser.