Já pensou ser picado e morrer em até 3 minutos? Parece loucura, mas é possível, ainda mais se você está falando dos animais mais venenosos do mundo. Mas não se preocupe: a maioria deles está do outro lado do mundo… a não ser que você visite a Austrália, será difícil topar com algum deles. Mas por que a Austrália?

Pode parecer aleatório, mas o país é conhecido por ser lar de animais exóticos e venenosos. No entanto, como o continente da Oceania é distante e se separou há muito tempo (alguns milhares de anos) dos outros, os animais que lá habitam tiveram uma evolução diferente e são bem peculiares se comparados ao resto do mundo. É por isso que o continente é lar de espécies tão singulares como o canguru e tão venenosas como vários animais dessa lista.

Ficou curioso? Conheça a seguir quais são os 10 animais mais venenosos do mundo, em ordem de menos para mais venenosos:

10. Escorpião vermelho indiano

Um dos escorpiões mais venenosos do mundo tem cor vermelho escuro e habita a Índia. Ele não é agressivo, mas caso se sinta ameaçado, seu veneno causa dor intensa na picada, vômito, suor, falta de ar e alteração na frequência cardíaca. Para combater esse quadro, há um antiveneno que, apesar da baixa eficácia, reduz a mortalidade do veneno para 4% dos casos.

9. Aranhas-teia-de-funil

Nativas da Austrália, são do tipo armadeiras, ou seja, ao atacar, levantam as patas da frente para ostentar suas presas. Por sinal, as presas dessa aranha são tão fortes que podem perfurar a unha de um dedo do pé, e depois de picar, pode dar um trabalho considerável se desvencilhar do animal. Seu veneno tem uma substância que age diretamente no sistema nervoso humano e, se não for tratada com seu antídoto, pode ser fatal.

8. Cobra boomslang

Pode ser encontrada na África do Sul e seu veneno pode matar em até um dia. Apenas 0,0006 miligramas do líquido pode matar uma ave em poucos minutos. Seus principais sintomas são coagulação intravascular disseminada, o que faz com que suas vítimas sangrem até a morte. Para levar uma picada dela, no entanto, é preciso provocá-la, pois a cobra é conhecida por ser consideravelmente tímida, ficando reclusa em árvores e lugares mais altos.

7. Cobra marinha de Dubois

Nativa do Oceano Índico na Austrália, a Dubois é conhecida por ser a segunda cobra mais venenosa do mundo. Sua toxicidade é de 0,044mg/kg (quanto menor o valor, mais perigoso), ficando atrás apenas da taipan do interior, com 0,025 mg/kg. Se você ficou com medo de algum dia cruzar com ela, saiba que isso dificilmente acontecerá - a não ser que você esteja dando um mergulho com pelo menos 80 metros de profundidade em corais de recife próximos à Austrália.

6. Escorpião Amarelo da Palestina

Como o próprio nome já diz, este animal habita o Oriente Médio e é conhecido por matar metade das suas vítimas. Seu veneno pode causar febre, convulsão, pressão alta e chegar a encher pulmões com fluido, o que resulta em parada respiratória ou cardíaca e, se nada for feito, morte. A boa notícia é que existe antídoto para o seu veneno, mas por via das dúvidas, é melhor evitar o encontro com este escorpião.

5. Caracol-do-cone comum

Nativo dos recifes do Pacífico, o caracol-do-cone pode ser lento, mas de inofensivo não tem nada. Eles têm uma espécie de dente curvo que é capaz de penetrar até roupas de mergulho e, por meio dele, seu veneno pode entrar no corpo humano. Para se ter uma noção, uma dose desse líquido letal pode matar até 20 pessoas adultas e até hoje não há antídoto para os que têm o azar de serem picados.

Ele já apareceu na nossa lista dos animais mais fatais do mundo.

4. Medusa Irukanji

Este animal é a prova de que tamanho não é documento. Medindo o equivalente a uma unha, ela é outra habitante da Austrália e seu veneno é para poucos - já tendo sido comparado a uma potência 100 vezes maior do que de uma cobra comum. A dor que ele causa é tão excruciante que analgésicos poderosos como a morfina não são páreo e tem quase nenhum efeito para aliviar o desconforto. As toxinas do veneno também podem resultar em hemorragias cerebrais e como se não bastasse não há antídoto.

3. Polvo-de-anéis-azuis

Apesar de ser um dos três animais mais venenosos do planeta, o polvo-de-anéis-azuis não é tão preocupante, já que encontrá-lo não é tarefa fácil. Ele habita o fundo do mar na região entre o Japão e a Austrália e só ataca se se sentir ameaçado. No entanto, se for o caso, saiba que seus minutos estão contados e são poucos. Seu veneno pode causar parada respiratória em 10 minutos e morte em até meia hora. Para se ter uma noção, uma única dose pode matar até 26 pessoas e ainda não há antídoto.

2. Cobra taipan do interior

A cobra taipan do interior é outro animal australiano e pode ser encontrada no sertão do país - conhecido como outback. Apesar de ter uma aparência bem inofensiva, a taipan pode matar uma pessoa em menos de 45 minutos. A estimativa é que seu veneno seria capaz de matar 100 homens ou 250 mil ratos e, antes do antídoto ser desenvolvido, nenhuma das suas vítimas conseguiu sobreviver.

1. Vespa-do-mar

A vespa-do-mar é o animal mais letal do mundo e conta com uma aparência quase invisível aos olhos, além de ser capaz de matar em apenas três minutos. O animal é um tipo de água-viva que habita a Austrália e conta com tentáculos com células urticantes com um veneno potente. Se uma pessoa entra em contato com eles, sente uma dor súbita e indescritível, que faz com que seu corpo entre em choque e cause morte por parada respiratória, colapso cardiovascular ou afogamento.

Você conhecia esses animais? Se você busca diversão, acesse a página de Blackjack online e aproveite!