A Terra é um enorme planeta que consiste em fronteiras claras e países óbvios. Certo? Um passaporte é essencial onde quer que você vá. Certo? Todo lugar tem um nome, um proprietário e detalhes precisos por escrito do que se trata. Certo? Errado! Ainda existem alguns lugares solitários e não reclamados - aqui está o seu melhor guia para onze lugares em que você pode realmente governar, com a língua firmemente na bochecha.

As Ilhas Lagoan

No meio de Baffins Pond, na cidade de Portsmouth, Inglaterra, existem três ilhas por aí, sem uso, sem fazer nada. Todos os dias, passeadores de cães e corredores dão voltas no parque nas proximidades sem nem perceber. Porém, um dia em 2005, um professor de escola local chamado Louis Robert Harold Stephens descobriu que elas não eram oficialmente mencionadas como parte do Reino Unido em um contrato de venda de terrenos em 1938. Louis proclamou-se Grão-Duque das três ilhas e nomeou-as Ilhas Lagoan. No entanto, uma inspeção recente mostra que as Ilhas Lagoan ainda não foram reclamadas e estão desabitadas. Mesmo o site Lagoan Isles não está mais ativo, então essas ilhas, acessíveis apenas por barco ou nadando pela lagoa, estão à disposição!

North East Caye

O país de Belize está repleto de pequenas ilhas desabitadas ao largo de sua costa. Enquanto os turistas se reúnem aqui para o impressionante Blue Hole e algumas noites de luxo em Caye Caulker e San Pedro, por que não vir aqui e voltar para casa comprando seu próprio pedaço de terra? Se você está pensando "Certamente o governo de Belize notará e o expulsará?", esse não é necessariamente o caso - o dinheiro fala e é sabido publicamente que o North East Caye está atualmente à venda. Então, nomeie seu preço, mude, coloque sua bandeira e se afaste de Belize. Ah, e a ilha não tem aeroporto, então você precisará de um barco ou será um nadador incrivelmente bom, se quiser deixar seu novo "país" um dia.

Rockall

A pequena ilha rochosa conhecida como Rockall permanece não conquistada e não possui prédios ou pessoas. O Reino Unido reivindicou e incorporou Rockall em 1955 - no entanto, a República da Irlanda não reconheceu essa afirmação, insistindo que Rockall é irlandês. Geograficamente, a Islândia e as Ilhas Faroé também podem ser reivindicadas - fica em uma parte remota do Atlântico Norte. A rocha desabitada tem meros 25m de largura e 17m de altura e, na verdade, são os remanescentes de um vulcão extinto. Em 2014, um inspetor licenciado chamado Nick Hancock passou 43 dias morando em Rockall - batendo o recorde anterior estabelecido por um homem solo por três dias.

Forte Superior Birgu

media Fonte: Shutterstock

Esta parte de Fort St. Angelo, na cidade de Il Birgu (também chamada Vittoriosa), é um enigma. Oficialmente, está dentro da União Europeia e pertence à República de Malta. No entanto, em 1998, foi alugado (por 99 anos) à peculiar Ordem Militar Soberana de Malta. A Ordem Militar Soberana de Malta é uma entidade totalmente reconhecida nas Nações Unidas e tem um status semelhante ao Estado da Cidade do Vaticano e à Palestina, tendo sido reconhecida por mais de 100 países.

As pessoas costumam chamá-lo de "o único país do mundo sem terra", mas aqui elas têm terras arrendadas. Pelo menos por enquanto. Portanto, embora esteja atualmente em um contrato de arrendamento de 99 anos (até 2097), haverá uma revisão intermediária em 2047 para verificar se ambas as partes desejam continuar o contrato. Então, espere um pouco até o contrato expirar e faça sua oferta e o Forte Superior de Il Birgu pode ser seu! O preço pode ser alto, é claro, mas quem se importa quando você é rei de uma fortaleza - certo?

Ilha da Torta de Enguia

media Fonte: Shutterstock

Bem-vindo à ilha Eel Pie, ou Torta de Enguia - você tem seu passaporte? Este lugar tem uma história que interessaria aos amantes de viagens, hippies e aqueles prontos para formar sua própria micronação ou declarar uma nova república. Mas primeiro - onde está, você pergunta? Fica mesmo no rio Tamisa, em Londres, e é acessível por barco ou por ponte. Oficialmente, é claro, isso tem um código postal do Reino Unido e responde para a Câmara dos Comuns, mas isso não impediu o comediante britânico Danny Wallace de tentar invadir a ilha em 2005 como parte da série de TV "How to Start Your Own Country". Embora a "invasão" de Danny tenha sido amplamente malsucedida e não levada a sério, na década de 1960, essa ilha tinha uma reivindicação genuína por separatismo. Era um local de música popular naqueles dias e, em 1969, foi ocupado por um pequeno grupo de anarquistas locais, incluindo o ilustrador Clifford Harper.

Em 1970, a Eel Pie Island havia se tornado a maior comuna hippie do Reino Unido e as bandas Black Sabbath, The Who e Rolling Stones tocavam em shows por lá. A certa altura, você poderia obter um passaporte "Eelpiland" e, divertidamente, o bar mais próximo do outro lado da água em Londres é chamado "The Barmy Arms". Hoje em dia a ilha tem moradores, mas ei, se você tiver dinheiro e paixão, poderá atravessar a ponte e declarar educadamente uma nova república e poderá convidar Mick Jagger para lançar seu novo país!

Bir Tawil

Talvez a “terra não reclamada” mais famosa do mundo seja Bir Tawil. Em 2014, o autor Alastair Bonnett descreveu Bir Tawil como o único lugar na Terra habitável, mas que não foi reivindicado por nenhum governo reconhecido. Então, por que ninguém é o dono? E onde fica? A razão de seu status resulta de uma discrepância entre a fronteira política reta entre o Egito e o Sudão, que foi estabelecida em 1899, e a subsequente fronteira administrativa irregular estabelecida em 1902.

O Egito afirma que a fronteira política é a correta e o Sudão afirma a fronteira administrativa é a certa. Em algum lugar dentro da confusão, Bir Tawil não está incluído nas propostas de nenhum país! Por outro lado, o triângulo Hala'ib é reivindicado pelos dois países e é disputado. Então, essencialmente - Bir Tawil é todo seu! Você provavelmente precisará de um visto para o Egito ou o Sudão para chegar lá...

Ailsa Craig

media Fonte: Shutterstock

Quando você pensa no Reino Unido, pode acreditar que suas fronteiras inteiras estão gravadas em pedra. Mas mergulhe mais fundo e há muitas exceções e, de fato, partes do Reino Unido que podem ser compradas e habitadas, desde que você se atenha aos limites da lei britânica. O povo da Irlanda do Norte e da Escócia estará muito familiarizado com Ailsa Craig (também conhecido como "marco de Paddy"), pois é um ponto de referência reconhecível nas rotas de ferry de Larne / Belfast a Stranraer / Cairnryan. Atualmente, ninguém mora lá, mas no século 16 era um paraíso para os católicos. Então, como você o possui? A ilha pertence a David, marquês de Ailsa, mas ele tenta vendê-la desde maio de 2011. O preço pedido é de ofertas acima de 1.500.000 libras - não é barato, mas muito menos do que você pagaria por um “Neymar” hoje em dia, então prepare o dinheiro e assuma o controle.

Acesse nosso cassino online para se divertir enquanto você traça seus planos de conquista de um destes territórios acima!