Já parou para pensar em quem pode ser o novo LeBron James? Ou talvez o novo Kevin Durant? E o próximo Chris Paul? Não... Não queremos aposentá-los de jeito nenhum! De qualquer forma, vale a pena considerar que James (36), Durant (32) e CP3 (36) já passaram dos 30 e, embora continuem dominantes, os três parecem ter deixado seu auge para trás.

No aquecimento para o Draft da NBA de 2021, que acontece no dia 29 de julho, nossa equipe preparou uma lista com as 5 maiores promessas para os próximos anos da melhor liga de basquete do mundo. Os jogadores selecionados não devem ser surpresas para os fãs mais assíduos, mas vale a pena relembrar e conferir se as promessas vão se tornar realidade no futuro. 

5 -   Devin Booker – Phoenix Suns

Idade:  24

País: EUA

Posição: Armador

Estatísticas 2020-21: 25.6 pontos, 4.2 rebotes e 4.3 assistências por partida

Prêmios: Uma vez nos Novatos do Ano da NBA e 1x o Jogador do Mês

Devin Booker for peça fundamental no surpreendente Phoenix Suns da última temporada. Junto com Chris Paul, Booker formou uma dupla de armadores com excelente leitura de jogo para acionar os companheiros, além de uma capacidade de pontuação impressionante. Não à toa, a dupla levou os Suns à final da NBA, quando acabou derrotada por 4-2 pelo Milwaukee Bucks.

O que mais impressionou no garoto de 24 anos foi a sua tranquilidade e confiança. Para quem não o conhecia, o cartão de visitas foi dado logo contra os ex-campeões Los Angeles Lakers, na primeira rodada dos playoffs. Booker foi um pesadelo para a defesa do time de Los Angeles, que não conseguia para seus Jumpers e controle de bola. Quando a marcação dobrava em cima dele, o jovem encontrava companheiros livres com paciência e inteligência.

4- Trae Young – Atlanta Hawks

Idade:  22

País: EUA

Posição: Armador

Estatísticas 2020-21: 25.3 pontos, 3.9 rebotes e 9.5 assistências por partida

Prêmios: 1x na Seleção de Novatos do Ano e 4x Novato do Mês

Trae Young foi um dos grandes nomes do Atlanta Hawks nos playoffs de 2021. Por vezes, o armador americano parecida imparável, inclusive finalizando a fase decisiva com média de pontos maior do que a da temporada regular (28.8 x 25.3). Young teve uma atuação sensacional contra o grande campeão Milwaukee Bucks no primeiro jogo da série, quando conseguiu 48 pontos nos seus 41 minutos na quadra.

Draftado na 5ª posição em 2018 pelo Dallas Mavericks, Young foi trocado para os Hawks, sem ter entrado em quadra pelos texanos. Acostumado a quebrar recordes desde a universidade, quando jogava por Oklahoma, Trae já mostrou a que veio logo na temporada de estreia, quando quebrou a marca de pontuação do momento ao marcar 49 pontos contra o Chicago Bulls.

3 – Jayson Tatum – Boston Celtics

Idade:  23

País: EUA

Posição: Ala

Estatísticas 2020-21: 26.4 pontos, 7.4 rebotes e 4.3 assistências por partida

Prêmios: 1x na Seleção do Ano, 1x Seleção de Novatos do Ano, 1x Jogador do Mês e 1x Novato do Mês

Jayson Tatum foi draftado na 3ª posição em 2017, vindo da prestigiada Universidade de Duke. Como mais uma peça da (longa) reconstrução dos Celtics, Tatum parece ter sido uma escolha certeira. Mesmo com as dificuldades do time de Boston para seguir adiante nos playoffs, o ala foi o líder da equipe, conseguindo mais de 30 pontos por jogo na fase decisiva.

Como já vem sendo comum para os Celtics nas últimas temporadas, problemas de lesões tem segurado uma equipe com muitos bons jogadores. A boa notícia, é que Tatum segue melhorando a cada temporada e tem um potencial altíssimo. Os números não mentem nesse sentido, já que Jayson vem aumentando o número de partidas disputadas, conseguindo melhores médias de pontuação e rebotes a cada nova temporada.

2 – Zion Williamson - New Orleans Pelicans

Idade:  21

País: EUA

Posição: Ala

Estatísticas 2020-21: 27 pontos, 7.2 rebotes e 3.7 assistências por partida

Prêmios: Seleção dos Novatos da Temporada

Zion é o mais jovem da nossa lista e uma das grandes promessas da NBA. Sem nenhuma surpresa, Williamson foi draftado na 1ª posição em 2019, vindo da Universidade de Duke. Infelizmente, sua estreia na NBA foi acontecer apenas meses depois, já que Zion sofreu uma lesão de grau 1 no joelho enquanto jogava na Universidade. A lesão foi causada pelos tênis da Nike que ele usava, causando à empresa uma perda de $1.1 bilhão na bolsa de valores.

O que mais impressiona em Zion é a sua capacidade física, algo muito importante para os executivos da NBA dos tempos atuais. O ala dos Pelicans mede mais de 2 metros e pesa cerca de 129kg, tudo isso sem perder agilidade e controle de bola. Williamson é definitivamente um dos grandes talentos da liga, tendo impacto já na sua segunda temporada e tem tudo para crescer ainda mais.

A pergunta que fica é se Zion terá paciência para esperar sua vez nos Pelicans, assim como Giannis Antetokounmpo teve com os Bucks, ou acabará trocado como Anthony Davis, que foi para os Lakers ganhar a liga com LeBron James.

1 – Luka Doncic – Dallas Mavericks

Idade:  22

País: Eslovênia

Posição: Armador

Estatísticas 2020-21: 27.7 pontos, 8 rebotes e 8.6 assistências por partida

Prêmios: 2x no Time do Ano, 1x na Seleção de Novatos do Ano, 1x Jogador do Mês e 1x Novato do Ano.

Luka Doncic é uma joia rara. Ao contrário do que se vê na liga atual, Doncic não é tão atlético quanto os demais, porém a sua inteligência em quadra o coloca como um jogador quase imparável. O armador foi draftado na 3ª posição em 2018, porém foi trocado pelo Atlanta Hawks por Trae Young e acabou nos Dallas Mavericks. O que parecia um movimento arriscado dos texanos, acabou virando um negócio da China, já que o esloveno teve impacto imediato nas quadras.

El Matador, como é conhecido desde os seus tempos de Real Madrid, Doncic é o melhor da nossa lista. Suas estatísticas nessa temporada foram assombrosas, já que formam quase um triplo-duplo de média. Em uma época marcada por jogadores analisados por seus números e estatísticas, Luka foge à regra.

O jogo de Luka Doncic é tão inteligente que as estatísticas nem sempre representam sua importância na quadra. Doncic tem todas as ferramentas para acabar com as defesas adversárias pela próxima década. Seu arsenal conta com a habilidade de acertar arremessos de qualquer lugar da quadra, assim como uma visão de jogo privilegiada para encontrar companheiros livres quando a marcação aperta.

Você concorda com a gente? Quais seriam as suas apostas da NBA? Com o novo draft vindo por aí, teremos mais sangue novo em quadra!