A NBA é dona do melhor do basquete do mundo, e lá nos Estados Unidos estão os maiores jogadores do planeta, que dão um show de emoção com dribles, lances plásticos e jogos disputados até o minuto final. É uma rotação completamente diferente de qualquer outro campeonato da modalidade fora do país. Por falar em espetáculo, em todas as temporadas a liga promove o NBA All-Star, evento destinado a jogadas acrobáticas e ao freestyle.

Basicamente, o All-Star é um evento anual, realizado ao longo de três dias, com micro competições individuais e um jogo dos melhores da temporada -- essa é, geralmente, a atividade mais aguardada. Ou seja, há, primeiro, campeonatos de enterradas, de bolas de 3 pontos e, para fechar, a NBA promove um duelo entre os melhores jogadores do ano: é o NBA All-Star Game.

Para eleger os 24 atletas das duas equipes no jogo festivo, há um longo processo. Uma votação, que conta com a participação dos próprios jogadores, dos técnicos e dos torcedores, decide os elencos de cada time. O capitão escolhido para liderar as ‘seleções’ também tem peso importante, participando ativamente das escolhas e formando verdadeiras ‘panelas’.

Idealizado há bastante tempo, o NBA All-Star teve a primeira edição em 1951 -- desde aquela época, a liga norte-americana já se preocupava em entreter o público. A seguir, veja como funciona o All-Star Game, o cronograma da semana das estrelas e as regras da cerimônia criada para exaltar o genuíno talento do basquete norte-americano.

NBA All-Star: o que é

Um dos eventos mais aguardados pelo público fã do melhor basquete do mundo é o NBA All-Star Weekend, ou semana das estrelas da NBA. Trata-se do evento que reúne, sempre em fevereiro, e por três dias, os melhores jogadores da temporada para um verdadeiro show em quadra. A cada edição, a liga norte-americana escolhe um palco de uma das franquias e faz uma festa, literalmente, de enterradas, bolas de 3 pontos e outras competições individuais.

NBA All-Star: formato e cronograma

Existe uma tradição no NBA All-Star. Ou seja, a programação é fixa, e a cada temporada os fãs aguardam por competições específicas. Às sextas-feiras, são realizados o Celebrity Game (Jogo das Celebridades) e o Rising Stars Challenge (jogo entre calouros/recém-introduzidos à liga). Essas duas partidas abrem as festividades.

No sábado, é quando acontecem os torneios de habilidades, de bolas de 3 pontos e enterradas. E aí o evento é recheado de espetáculos.

Primeiro, os jogadores selecionados driblam cones e acertam bolas em determinados alvos contra o relógio. Na sequência, eles arremessam bolas de fora do garrafão e, quem tiver o melhor aproveitamento, leva o prêmio nesta disputa. Por último, o principal destaque do sábado: enterradas. Os atletas usam e abusam da criatividade para entortar o aro -- inclusive vestidos à fantasia.

O domingo é reservado para o grande evento da semana das estrelas: o All-Star Game (jogo das estrelas), duelo entre duas ‘seleções’ dos melhores do ano. Há até votação para eleger o MVP (melhor jogador) da partida.

Na edição de 2021 do NBA All-Star Game, o time capitaneado por LeBron James venceu o Time Kevin Durant por 170 a 150. O duelo aconteceu na State Farm Arena, casa do Atlanta Hawks. Giannis Antetokounmpo foi eleito o MVP do jogo, que contou até com uma rara enterrada de Stephen Curry (veja no vídeo abaixo). O armador é especialista em bolas de 3 pontos.

Regras: como são definidos os times do All-Star Game?

Até a temporada 2017, o All-Star Game era um jogo festivo entre as principais forças das conferências Leste e Oeste. A partir de 2018, porém, o formato de seleção dos times passou por uma alteração.

No novo modelo, são eleitos dois capitães. Um jogador do Leste e outro do Oeste. Eles são escolhidos por meio de votação popular. Já a formação dos times passa por uma espécie de draft. Os fãs escolhem os cinco titulares de cada um, com participação também dos atletas e de jornalistas na votação. Cada grupo tem um peso na eleição. 

Já os reservas são escolhidos pelos treinadores, que também separam os jogadores de Leste e Oeste. No draft do All-Star, os capitães escolhem seus companheiros de acordo com preferências pessoais. Eles não precisam se restringir a parceiros da própria conferência. Esse formato deu maior dinâmica ao evento e faz com que os times fiquem mais variados a cada semana das estrelas.

A temporada do melhor basquete do mundo está disponível no site da Betway. Visite a página e aproveite para fazer as suas apostas na NBA.