O maior basquete do mundo chegou em sua terceira semana, e nove duelos agitam a noite de sexta-feira (5) na NBA. Abaixo, você encontra um prognóstico com as melhores dicas das partidas.

Quer ficar por dentro e saber tudo sobre a liga norte-americana? Visite nossa página de palpites na NBA e aproveite. E se você curtir alguma de nossas dicas abaixo e quiser já adicioná-la às suas apostas, 

O jogo que abre a rodada na noite de sexta-feira é entre Detroit Pistons e Brooklyn Nets. Em Detroit, os Pistons venceram a única da temporada até o momento, com um amargo 1-6 de início. A franquia ocupa a última colocação da Conferência Leste. Por outro lado, os Nets têm 5-3 na temporada, com uma vitória e uma derrota como visitante, e Kevin Durant como líder técnico. O atleta tem média de 28.3 pontos por partida e deve comandar mais um triunfo.

Os Spurs não fazem um bom começo de temporada na NBA, com 2-6 na Conferência Oeste, mas enfrentam um time ainda mais fragilizado na rodada: o Orlando Magic, que venceu duas em nove partidas no melhor basquete do mundo. Um potencial destaque para o confronto é o pivô Wendell Carter Jr., líder em rebotes pelo Magic com 10.2 bolas por jogo.

Destacando-se no lado Oeste, o Memphis Grizzlies aplicou a primeira derrota ao Golden State Warriors no ano, principalmente porque Ja Morant estava em noite iluminada. A vitória no final de outubro deu moral, e o atleta está fazendo uma excelente temporada: são 27 pontos de média, e sua equipe soma 5-3.

Atuando em casa, o Washington Wizards tem campanha igual até o momento (5-3), e Bradley Beal é o grande nome da franquia. Ele tem média de 24.4 pontos, e o jogo deve mostrar equilíbrio.

O Toronto Raptors enfrenta o Cleveland Cavaliers na noite de sexta-feira na NBA, e a franquia ostenta a terceira melhor campanha em pontos permitidos ao adversário: são 100.2 pontos até o momento, desempenho que só não supera as boas defesas de Miami Heat e Denver Nuggets.

Outro a entrar é o New York Knicks, que tem média de 113 pontos por jogo, a quarta melhor da temporada regular da NBA. Por outro lado, o badalado Milwaukee Bucks atua em casa e tenta desempatar a série de 4-4 no ano. O grande destaque, claro, é Giannis Antetokounmpo, líder da franquia em pontos (27 por jogo de média), rebotes (10.8), assistências (6.4) e tocos (2).  

Mais um duelo é entre Minnesota Timberwolves e Los Angeles Clippers. Com uma série de 3-4 na temporada, a franquia de LA conta com o craque Paul George, dono de uma média de 28.9 pontos por jogo na atual edição da NBA -- a maior até a semana 3. Ele também é decisivo em rebotes (7.7) e assistências (4.7). Os Timberwolves, por coincidência, também somam três vitórias e quatro derrotas até agora.

Entre os favoritos ao título da NBA, o Golden State Warriors recebe o New Orleans Pelicans no jogo mais desequilibrado da noite. Além de contar com o talentoso Stephen Curry, candidato ao prêmio de MVP e líder em arremessos de 3 (4.9 por jogo), o GSW tem 6-1 e mostra um bom basquete no início da temporada: são 111.3 pontos de média. Já os Pelicans amargam a lanterna da Conferência Oeste, com 1-8.

Com um 3-1 em casa na temporada, o Portland Trail Blazers recebe o Indiana Pacers, que soma um 3-6 no geral. A campanha dos Pacers não é boa, baseada muito pelo desempenho fora de Indianápolis: são quatro derrotas como visitante. Com um time equilibrado, os Blazers têm a quinta melhor campanha de rebotes na temporada, com 48.3 de média por partida.

Com 4-4 na temporada, o Sacramento Kings recebe o Charlotte Hornets no fechamento da sexta-feira de NBA. De forma curiosa, as equipes chegam para o duelo da semana 3 com saldos de pontos negativos: -1.2 para os Kings e -0.2 para os Hornets. Harrison Barnes, do Sacramento, com 23.3 pontos, e Miles Bridges, da equipe de Charlott, com 24.1, são os atletas com as melhores médias no compromisso em Sacramento.

Com as melhores dicas do basquete, chegou a hora de você reunir os palpites, visitar a nossa página e fazer suas apostas na NBA.